4 providências para tomar diante de uma cobrança indevida

4 providências para tomar diante de uma cobrança indevida

É bastante comum que as operadoras de telefonia tenham reclamações no Procon sobre cobrança indevida ou abusiva. Em uma pesquisa feita pela Proteste, foi verificado que mais da metade dos usuários dessas operadoras já tiveram problemas dessa ordem.

Então, aparentemente, esse tipo de transtorno é recorrente na vida dos brasileiros. É bastante importante, nesses momentos, saber como lidar com a situação — conhecer quais são os direitos, onde e com quem abrir reclamação, enfim, tudo que você pode fazer para reverter o problema.

Se você quer saber mais sobre as providências que pode tomar diante de uma cobrança indevida, continue a leitura que trataremos melhor sobre isso. Confira!

1. Converse com um consultor especializado

Assim que uma cobrança indevida chega às mãos do cliente, recomenda-se que ele entre em contato com uma equipe de consultoria especializada no assunto. Todas as devidas providências podem ser tomadas a partir dessa parceria.

Ao optar por esse intermédio, todas as decisões são tomadas com muito mais clareza e experiência, justamente por ser possível contar com o auxílio de profissionais capacitados para resolver sua situação. Portanto, busque uma consultoria que seja referência no mercado.

2. Entre em contato com a operadora

Quando isso acontecer, anote o número do protocolo que será passado, pois essa sequência comprovará que já foi aberta uma reclamação e, dessa maneira, a empresa lhe deve alguma resposta.

Também é importante tê-lo anotado pois, se o caso não puder ser resolvido pela operadora, havendo necessidade de entrar em ação na Anatel ou na Justiça, esse número é a comprovação de como está o andamento com a empresa.

3. Faça uma reclamação no Procon e na Anatel

Se, após entrar em contato com a operadora, ainda assim não for possível resolver a sua situação, entre em contato com o Procon e com a Anatel, tendo em mãos tudo que comprova que você procurou resolver a situação com a empresa, mas não obteve sucesso — nesse caso, ter o número do protocolo em mãos é imprescindível para a comprovação da situação.

O Procon é o órgão de defesa do consumidor e sua principal função é mediar um acordo entre o cliente e a operadora por meio de audiências conciliatórias. E a Anatel é quem regulariza tudo que é do setor de telecomunicações, fiscalizando as leis desse segmento, a fim de contribuir para o desenvolvimento do Brasil.

4. Saiba sobre o contrato que assinou com a operadora

É bastante comum que as pessoas não saibam como funcionam os contratos que assinaram com a operadora ou não os tenham em mãos, e isso é um fator relevante para as informações sobre cobranças. Além disso, há operadoras que não oferecem a conta detalhada para que o cliente tenha informações completas do que está sendo cobrado, tanto nos planos pós quanto nos planos pré-pagos.

Então, estar atento a isso é importante, bem como é essencial ter o contrato em mãos e saber solicitar o detalhamento da fatura.

Para isso, ter uma parceira que tenha reconhecimento no mercado para solucionar esse tipo de problema é essencial, bem como manter uma boa estrutura física na sua empresa com uma boa equipe para que tudo se resolva da melhor maneira.

Essas foram algumas dicas sobre as providências que podem ser tomadas diante de uma cobrança indevida. Digamos que esses são os passos iniciais, pois cada caso terá uma resolução diferente. No entanto, entrando em contato com a operadora e com os órgãos responsáveis, você obterá melhores informações para solucionar sua situação.

Se você gostou dessas dicas, leia o outro post que fizemos sobre as vantagens de contar com uma empresa para lidar com operadoras de telefonia! Vamos lá!

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta

Fechar Menu