Telefonia IP e VoIP: quais são as diferenças?

Internet Protocol (IP) tornou-se um termo bastante conhecido na atualidade devido à popularização da Internet. A telefonia IP e VoIP devem muito a esse padrão adotado por todas as redes de dados, responsável pelo que chamamos de convergência para o mundo IP, isto é, a convergência de dados mais voz.

No entanto, apesar de interligados, os conceitos de IP e VoIP são distintos e ainda geram alguma confusão na cabeça dos usuários. Este artigo tem a missão de dar um fim a essas dúvidas, explicando o que é e como essas tecnologias funcionam, contribuindo para que você possa aproveitar os recursos oferecidos por cada uma delas. Confira!

Telefonia IP

Telefonia IP é o termo designado para as tecnologias de redes que utilizam o protocolo IP, incluindo equipamentos e roteamento de pacotes para trafegar e encaminhar voz em redes públicas ou privadas.

Diferentemente da telefonia tradicional, na qual o assinante (usuário) precisa contratar uma operadora para que tenha o serviço disponível, na telefonia IP é possível utilizar uma operadora que não tenha presença física no seu endereço, por meio de um link de dados (internet).

Assim, as centrais telefônicas (PABX IP, PBXIP ou IPBX) utilizam servidores padrão de mercado e softwares livres, como o Asterisk, permitindo obter centrais totalmente independentes de fornecedor.

Essa tecnologia disponibiliza a infraestrutura pela qual o VoIP trafega. Portanto, seu conceito é mais amplo e emprega telefones especiais que se conectam à rede e transmitem não somente um sinal de voz, mas também vídeos, dados e imagens.

Telefonia VoIP

Voice Over Internet Protocol (VoIP) significa Protocolo de Voz sobre Internet, em português, e corresponde ao serviço que converge um sinal de voz analógico para digital. Ele representa o roteamento de conversão humana usando internet — ou outra rede de dados baseada no protocolo da internet. Isto é, um serviço de transmissão de voz pela rede de dados.

O VoIP opera via Router para comunicação entre o analógico e o digital, assim como alguns softwares para complementar o serviço (IP Contact Center, Web Attendant etc).

A telefonia VoIP pode ser usada tanto de computador para computador ou de um computador para um telefone comum. Tudo o que é falado é transformado em dados e transmitido em forma de voz.

Por isso, o uso desse sistema é mais econômico quando comparado com a telefonia convencional, uma vez que as chamadas dos usuários que utilizam VoIP geralmente são gratuitas.

Principais diferenças

  • a Telefonia IP utiliza Hard Phone enquanto o VoIP usa Soft Phone;

  • o VoIP é a voz em si, o resultado final, enquanto a telefonia IP é a estrutura tecnológica por trás de todo o processo de comunicação; e

  • normalmente as pessoas usam mais o VoIP de computador para computador e a telefonia IP se assemelha à telefonia convencional, pois sua estrutura é similar a uma linha telefônica comum, porém a tecnologia que faz tudo acontecer é a mesma que a do VoIP.

Após conhecer esses conceitos, fica mais fácil decidir qual tipo de tecnologia aplicar ao oferecer serviços essenciais para o bom desempenho da sua empresa.

Agora que você aprendeu a diferença entre telefonia IP e VoIP, por que não descobrir, neste artigo, quando vale a pena fazer a portabilidade do plano de celular? Tenho certeza que a informação vai ser bastante útil para a tomada de decisão nos seus negócios!

5 coisas que você precisa saber sobre a internet por fibra ótica

A internet por fibra ótica oferece o que há de mais avançado em termos de conectividade para o consumidor. Graças a essa tecnologia, a internet em alta velocidade ganhou mais espaço nas empresas de todo o mundo na última década. 

Os benefícios desse tipo de cabeamento resultaram em aumento de demanda e, consequentemente, na redução de custos para sua implementação. 

Neste artigo, você vai conhecer as vantagens dos cabos de fibra ótica e entender por que a conexão tende a ser mais rápida.

O que é fibra ótica

Os cabos de fibra ótica são maços de fios de vidro revestidos por duas camadas de plástico reflexivo, cujos núcleos são envolvidos com um material isolante de ondas eletromagnéticas. Com isso, impede-se a interferência de outras redes, garantindo alta performance nas conexões.

Na extremidade dos cabos de transmissão de dados digitais, uma fonte oscila entre ligar e desligar e viaja ininterruptamente, ocasionando “reflexão total interna”.

Como funciona

Sistemas baseados em fibra ótica conseguem transmitir bilhões de bits de dados por segundo e podem levar múltiplos sinais ao longo da mesma fibra, por meio de cores distintas. Finos como um fio de cabelo, os cabos de fibra ótica carregam informação por longas distâncias.

Há dois tipos principais de cabos: 

  • monomodo: utilizado para sinais de longas distâncias e só pode atender um atributo por vez. Isso significa que possui uma única fonte de luz e um diâmetro maior. Seu manuseio é mais complexo, exigindo bastante técnica. Costuma ser usado para comunicação com redes locais e permite transmitir mais de um sinal por meio de LEDs e lasers;
  • multimodo: recomendado para transmissões de curtas distâncias, garante emissão de vários sinais ao mesmo tempo. É muito utilizado em redes domésticas, por ser mais em conta. 

5 informações sobre a internet por fibra ótica

1. Maior velocidade

As redes de fiação de cobre atingem velocidade de transmissão entre 768 Kb/s (kilobits por segundo) e 1.5Mbs/s (megabits por segundo), em média. Em condições ideais, essas redes atingem 7 Mb/s.

Na fibra ótica, por sua vez, as velocidades médias ficam entre 50 e 100Mb/s, com situações ideais entre 1 e 10 Gb/s. Por transmitir pulsos de luz em vez de eletricidade pela fiação, a tecnologia pode alcançar frequências maiores do que os sinais elétricos de fios de cobre. 

2. Segurança

Esses tipos de condutores são mais indicados que os de cobre. Por usarem luz e não eletricidade, não superaquecem e não são afetados por fatores ambientais, como chuva e vento. Com isso, há menos risco de incêndio e interferências.

O uso da fibra ótica também dificulta fraudes, pois é preciso ter contato físico com os cabos para ser capaz de acessar as informações transmitidas pela fibra. No caso dos fios de cobre, os sinais eletromagnéticos podem vazar, possibilitando o acesso aos dados.   

3. Estabilidade

A maior vantagem da fibra ótica é fornecer internet rápida e sem falhas de sinal. Como o material usado nos cabos é o vidro, esses equipamentos são menos propensos a interferências eletromagnéticas. Isso preserva a qualidade do sinal e evita oscilações e perda de velocidade.

4. Alta resistência

Quando se utiliza o fio de cobre, a perda de sinal começa a ser perceptível depois de 100 metros. Enquanto com a fibra ótica, os efeitos da degradação do sinal luminoso só são percebidos depois de 40 quilômetros.

Outra vantagem desse tipo de cabeamento é que os fios de vidro no interior dos cabos apresentam maior resistência a danos do que a fiação de cobre, que está sujeita a desgaste por conta de oxidação e efeito das mudanças de temperatura do metal.

5. Economia de recursos

Ao longo dos anos, a internet por fibra ótica tornou-se mais acessível devido ao aumento de demanda, reduzindo custos.

Fora isso, a quantidade de energia elétrica necessária para enviar um maço de luz é dez vezes menor do que para transmitir um sinal elétrico.

A necessidade de manutenção também é menor. Logo, os gastos a longo prazo são mais compensadores.

Bem, agora você já sabe como a internet por fibra ótica funciona, que tal assinar nossa newsletter para receber, em primeira mão, conteúdo exclusivo sobre o universo das telecomunicações?

Quais são os principais indicadores de call center?

Criar formas de otimizar os processos do call center é parte da rotina de qualquer gestor. Entretanto, isso não pode ser algo que dependa exclusivamente do seu feeling. É necessário transformar em números as avaliações feitas para que seja possível analisar, com mais precisão, a eficiência da equipe.

É exatamente para isso que servem os indicadores de call center — eles transformam pontos importantes em dados quantificados que facilitam o processo de gestão. Pensando nisso, criamos este post para mostrar a você os principais e as vantagens de utilizá-los. Confira!

Tempo médio

Os indicadores de call center mais importantes são, em geral, o tempo médio de atendimento (TMA), de espera (TME) e operacional (TMO). O TMA serve para calcular o tempo médio total dos atendimentos da equipe, dando ao gestor um importante dado para avaliação do tempo necessário para cada procedimento.

Para calculá-lo, basta somar o tempo de todas as ligações de um determinado período e dividir esse número pelo de ligações. Já o TME mostra qual foi a espera de um grupo de clientes em um momento específico.

Trata-se de um indicador de grande importância para que o gestor verifique se conta com uma equipe grande o suficiente para atender com eficiência. Por fim, o TMO registra tanto o tempo das chamadas quanto o período entre elas.

É uma ferramenta relevante, pois mostra quanto tempo os operadores demoram para registrar as informações no pós-atendimento.

Taxa de satisfação

A satisfação do cliente é um dos critérios mais importantes para qualquer equipe de call center. Tanto para vender produtos quanto para resolver problemas técnicos, é fundamental quantificar essa informação para avaliar se o serviço oferecido está garantindo a retenção dos clientes.

Para utilizá-la, é possível implementar pequenos questionários ao final da chamada ou sugerir que o consumidor dê uma nota para o atendimento, além de fazer críticas e sugestões.

Taxa de conversão

No atendimento ao cliente, é fundamental ter uma noção de quantas chamadas são necessárias para que a equipe alcance seus objetivos. Nesse sentido, a taxa de conversão é um indicador que mostra, percentualmente, a quantidade de vendas ou problemas resolvidos em relação ao número total de atendimentos feitos.

Assim, o gestor terá acesso a dados que mostrem, por exemplo, se, para realizar as 50 vendas que ele planejou, foram necessárias 200 ou 500 ligações. Esses números impactam diretamente na estratégia utilizada pelo time e ajudam a otimizar ainda mais os processos no dia a dia.

Chamadas abandonadas

Quantificar também o número de atendimentos abandonados é fundamental por dois motivos. Primeiro, evita mascarar os dados de conversão e qualidade do atendimento, pois mostra quais chamadas podem ser removidas das contas de tempo médio para que os números sejam mais confiáveis.

Segundo, permite também avaliar a taxa de abandono por si só, um importante indicativo sobre a eficiência da abordagem da equipe. Quanto mais alto for esse número, menos eficiente tem sido o atendimento.

Vale lembrar que, assim como os outros indicadores citados aqui, é possível gerar relatórios periódicos (diários, semanais, mensais etc.) com diferentes abordagens sobre esses números. Mensalmente, por exemplo, um relatório geral sobre a equipe mostra um panorama sobre o trabalho realizado.

Já em um contexto de avaliação dos funcionários, relatórios com os dados de cada um deles permite que o gestor faça comparações, identificando os melhores desempenhos — assim como os que precisam melhorar.

Como você pôde ver, os indicadores de call center são uma ótima alternativa para obtenção de dados significativos. Então, compartilhe o post nas redes sociais para dar essa dica aos seus colegas!

Como um sistema de URA ajuda na redução de gastos?

O sistema de URA (Unidade de Resposta Audível) é uma ferramenta de atendimento automático utilizada em call centers e contact centers. Por meio de uma placa telefônica e um software, é possível receber chamadas, ligar, desligar e, ainda, reconhecer dígitos.

Os primeiros a utilizarem esse sistema foram os bancos na década de 70. Eles queriam facilitar, para seus clientes, o processo de consulta de saldo. Desde então, a ferramenta evoluiu muito e, hoje, é capaz não só de agilizar o atendimento, mas também de melhorar sua qualidade, uma vez que leva a pessoa diretamente ao ramal que resolverá seu problema.

Ficou interessado? Então, siga a leitura do post e descubra as vantagens do sistema de URA e como ele pode ajudar sua empresa a até mesmo reduzir gastos. Vamos lá?

Rapidez no atendimento

sistema de URA direciona o cliente conforme suas necessidades reais. Assim, você não precisa ter uma equipe dedicada ao pré-atendimento — o que já significa uma redução de gastos considerável.

O processo é bem simples: um menu digital é apresentado ao cliente que, então, fala ou digita no telefone o número correspondente ao seu problema. A ligação é filtrada e ele é rapidamente encaminhado para o departamento responsável. 

Essa ferramenta também faz com que o tempo de espera do cliente diminua em relação a um atendimento direto via call center — isso porque nem sempre um atendente tem todas as informações necessárias para fazer o encaminhamento correto.

Já com o sistema de URA, cada integrante da equipe pode se especializar em determinado assunto. O cliente, sem dúvida, ficará mais satisfeito e você conseguirá passar uma imagem muito melhor da sua empresa.

Redução da perda de clientes

É muito comum, em um call center, o cliente desistir depois de um longo período aguardando para ser atendido. Isso acontece porque os atendentes têm que resolver todo tipo de problema, fazendo com que cada ligação seja bastante demorada.

Com a URA, você não precisa se preocupar em aumentar a equipe para evitar a perda de clientes, já que eles serão direcionados para o atendente especializado, o que fará com que a chamada seja muito mais rápida.

Além disso, mesmo em momentos de grande fluxo de ligações, a função call back pode ser acionada caso o cliente não queira ficar aguardando para ser atendido. A URA calcula o tempo médio de espera e, quando detecta que é inaceitável, o cliente recebe uma mensagem de que a empresa retornará assim que possível. Enfim, um atendimento de excelência com equipe reduzida — outra redução de gastos!

Controle dos processos

A modernização do sistema de URA possibilitou avanços como a gravação da interação com o cliente que, além de documentar e servir até mesmo como prova, facilita a compreensão das ligações. 

A gravação ainda permite a otimização de chamadas que venham a surgir com problemas semelhantes. 

Além disso, a análise das conversas possibilita maior controle sobre a equipe e como ela lida com as solicitações. Dessa forma, também é possível detectar falhas no atendimento e planejar melhorias do processo, inclusive visando a redução de custos.

Humanização e padronização dos atendimentos

É muito difícil manter um padrão de atendimento quando se tem uma equipe grande. Já com o sistema de URA, o serviço pode ser padronizado de acordo com a imagem que a empresa quer passar para o cliente.

Para isso, é possível escolher o tom de voz do atendente ou a linguagem mais adequada, até mesmo humanizando o processo.

Enfim, o sistema de URA proporciona um atendimento mais eficiente com uma equipe enxuta, sendo a solução ideal para melhorar a imagem e a credibilidade da empresa, além de reduzir gastos.

Quer saber mais sobre o assunto? Siga-nos nas redes sociais! Estamos no Facebook, no LinkedIn e no YouTube.

Como escolher seu sistema PABX

Com o nível de competitividade cada vez mais acirrado, nada melhor do que a implantação de sistemas que ofereçam agilidade, maior produtividade e redução dos custos. 

Dentro desse universo, o sistema PABX (troca automática de ramais privados) é fundamental na captação de novos clientes, assim como no auxílio da comunicação interna entre os colaboradores de pequenas, médias e grandes empresas. 

Entendendo que o sistema pode ser analógico, digital, híbrido, IP e virtual, muitos empresários ficam na dúvida sobre qual modelo escolher. E você, conhece quais fatores devem ser analisados? É o que mostraremos neste post! Venha conosco e faça a escolha certa.

O que analisar antes de escolher o sistema PABX 

Antes de fechar um contrato com uma operadora de telefonia, os gestores devem conhecer profundamente a realidade da empresa e as necessidades para auxiliar na comunicação. 

Para isso, faça um balanço interno para saber a quantidade de telefones que serão necessários para um bom funcionamento dos processos de todos os funcionários, assim como os tipos de equipamentos que solucionarão a demanda apresentada.

Uma boa dica é a realização de reuniões com os colaboradores que mais utilizam os aparelhos, como vendedores, para saber quais são suas dificuldades no dia a dia e o que necessitam para agilizar os processos.

Veja também a disponibilidade financeira da empresa para o investimento e trace uma meta a curto prazo para solucionar todas as necessidades. O ideal é que o sistema PABX gerencie e integre todos os canais de comunicação entre colaboradores, fornecedores e clientes. Conheça os tipos mais comuns no mercado logo abaixo.

Sistema PABX analógico 

Trata-se do modelo mais antigo, contendo recursos básicos de comunicação. Nele, é possível realizar o bloqueio de chamadas a cobrar, além da inserção de senhas para os ramais internos. 

O sistema só funciona por meio de linhas analógicas e está quase defasado no mercado de telecomunicações, sendo pouco recomendado. 

Sistema PABX digital 

Apesar de contar com os mesmos recursos do sistema analógico, o digital sai na frente pelas seguintes vantagens: maior qualidade nas chamadas e também nas funcionalidades. Entre elas, podemos citar a discagem direta de ramal (DDR), além da eliminação dos ruídos. 

É indicado para empresas que necessitam de muitas chamadas ao mesmo tempo e que têm um grande volume de ligações internas entre os colaboradores. 

Sistema PABX híbrido 

Reunindo as tecnologias analógica e digital, o híbrido é voltado para companhias que contam com uma estrutura robusta de centrais telefônicas, utilizando a internet para realizar as chamadas em um sistema de interfaces, também conhecido como VoiP.

Muito utilizado na atualidade, o sistema tem como desvantagem possíveis desconfigurações, o que exige constantes manutenções. Já o ponto forte é a integração das linhas convencionais, digitais e VoiP.

Sistema PABX IP 

Com diversas funcionalidades, o sistema IP é como um servidor Proxy, ou seja, coordena e permite as ligações com as linhas das operadoras VoiP. 

O ponto positivo é que a empresa pode gravar as ligações, sendo um auxílio para reuniões a distância ou atendimento aos clientes. É possível analisar a produtividade da equipe, fazer seleção automática das linhas e gerenciamento dos custos das ligações.

Sistema PABX Virtual 

Trata-se do sistema mais moderno existente no mercado, também chamado de PABX na nuvem. Tem as mesmas vantagens do IP, mas a diferença é que mantém o servidor em Data Center e não in loco. 

Veja as vantagens ao instalar um sistema PABX

As empresas que contam com sistemas PABX observam melhorias na redução dos custos, tendo em vista que as ligações internas não são cobradas. Otimiza, ainda, a comunicação, com melhoria na produtividade.

Vale a pena você pesquisar a credibilidade da empresa escolhida para prestar o serviço, analisando a qualidade e reputação no mercado.

Ficou com alguma dúvida? Você tem uma experiência com o sistema PABX para contar? Então deixe aqui o seu comentário!

Como integrar seus serviços de telecom?

A comunicação integrada é uma forma de melhorar significativamente toda a troca de informações da organização. Por isso, a integração de serviços de telecom é um investimento valioso, já que otimiza resultados e possibilita melhor acompanhamento das atividades, além de representar um salto na qualidade e produtividade dos processos e pessoas. Afinal, os funcionários podem se dedicar exclusivamente às estratégias de crescimento do negócio.

Neste artigo, vamos mostrar as vantagens de integrar os serviços de telecomunicações e pontos importantes na escolha do fornecedor.  Acompanhe!

Comunicação integrada e serviços de telecom

Poucas empresas têm condições de investir em grandes equipes de comunicação interna e a evolução do mundo corporativo possibilitou unificar em uma só estrutura o marketing off-line, assessoria de imprensa e relações-públicas, resultando em uma agência 360°.

Para manter as equipes em sinergia e alinhar as estratégias, nada melhor do que dispor de soluções integradas de TI e Telecom. O ideal é contar com recursos que facilitam a interação interna e externa dos funcionários por assegurar a possibilidade de contar com infraestrutura completa de Data Center, cloud computing, serviços de transmissão de voz e dados, vídeo e internet.  

A seguir, apresentamos as principais vantagens da integração de serviços de telecom.

Redução de custos

A redução dos custos em gestão de telecom alinhado à qualidade dos serviços de dados por meio de Business Process Outsourcing — parceiros especializados em telecomunicações — são os principais benefícios obtidos com a integração.

Adequação dos serviços

Com a ajuda de uma empresa especializada, é possível dimensionar os níveis das necessidades de telecomunicações e adequar os contratos à legislação de telefonia empresarial. Isso resulta na medida adequada de serviços que a sua organização precisa.

Solução centralizada

Sempre que a empresa precisa solucionar um problema em qualquer dos serviços de telecomunicação, vai precisar contatar um único contato — a empresa de telecom — responsável por tomar medidas necessárias para restabelecer a normalidade dos processos organizacionais no menor tempo possível e atendimento personalizado para as necessidades da sua equipe.

Cobertura de dados e voz

Uma boa cobertura de serviços de voz e dados evita perda de receita por queda da internet ou telefonia inoperante, garantindo a integração do público interno da sua empresa, além de obter economia significativa na fatura.

Central telefônica inteligente

Ao integrar os serviços de telecom, é possível constituir uma central telefônica inteligente, que consiga definir indicadores de desempenho, melhorando o atendimento aos clientes e desenvolvendo estratégias comerciais.

Essa ferramenta permite obter informações importantes para a estratégia do negócio, como quanto tempo o cliente espera na linha durante o atendimento ou como os colaboradores estão se relacionando com os consumidores nas ligações.

Escolha um fornecedor qualificado

Imagino que as informações acima despertaram seu interesse e você está ansioso para terceirizar os serviços de telecom da sua empresa, certo?

Porém, para integrar um projeto de telecomunicações é fundamental contar com fornecedores que ofereçam serviços de qualidade, que entendam sobre o nicho de atuação da empresa e conheçam as necessidades do seu mercado.

O parceiro escolhido deve entregar soluções que ajudem a incrementar as receitas, reduzir custos e otimizar os processos de negócios, oferecendo mais do que uma variedade de serviços inclusos em um mesmo pacote por um preço atraente.

Portanto, antes de contratar determinado fornecedor, analise se o pacote de serviços oferecido vai impactar positivamente o ambiente interno, fazendo com que a instituição possa contar com um parceiro eficiente, que ofereça o suporte necessário.

Neste post sobre serviços de telecom você conheceu o conceito de comunicação integrada e as suas vantagens para o seu negócio. Agora, que tal curtir a nossa página no Facebook?

Saiba como avaliar os gastos com telefonia da sua empresa

Gastos com telefonia podem representar uma perda financeira significativa para a empresa no final do mês. Isso acontece quando há um uso exagerado do telefone por parte dos colaboradores ou, ainda, falha no gerenciamento, na escolha do sistema ou do fornecedor.

Mas a boa notícia é que, com mudanças simples, é possível reduzir os custos de ligações, mesmo para aqueles empreendimentos que precisam fazer o uso regular do telefone. Sendo assim, separamos algumas dicas para você avaliar e controlar os gastos com telefonia da sua empresa. Vamos lá?

Descubra onde economizar

Tudo começa com uma boa análise. Verifique, por exemplo, se sua empresa gasta mais com chamadas para celulares, em qual horário do dia há um maior número de ligações, se há muitos interurbanos etc.

O importante é coletar o maior número de dados possível e, com eles em mãos, fazer um diagnóstico da situação. Só então será possível partir para as ações.

Examine a fatura

Às vezes, mesmo com uma profunda coleta de dados e análise, o gestor não consegue identificar o problema. Pois saiba que, nesses casos, é comum que ele esteja na fatura.

Uma empresa especializada em auditoria pode realizar o acompanhamento mensal de suas faturas e verificar se há erros, se você está pagando por algo que não usou ou, ainda, se há serviços contratados que estejam em desacordo com as suas necessidades.

Reforce boas práticas entre colaboradores

Apenas pedir para os funcionários gastarem menos com o telefone não costuma funcionar. Sendo assim, com tudo monitorado e analisado, aponte onde está o problema e o que precisa ser feito para resolvê-lo.

Existem, inclusive, softwares de monitoramento que permitem saber, com precisão, como o telefone está sendo utilizado. Dessa forma, o gestor consegue estabelecer regras, como evitar chamadas pessoais.

Porém, vale ressaltar que nem sempre o mau uso por parte dos funcionários é o vilão da conta de telefone. Então, não desgaste sua relação com os colaboradores antes de analisar muito bem todos os dados.

Adote o sistema PABX

PABX moderno é muito mais do que uma central telefônica. Ele unifica os ramais, eliminando, assim, a necessidade de múltiplas linhas, sempre disponibilizando uma série de recursos de integração e de segurança.

Alguns modelos de PABX permitem, até mesmo, o redirecionamento de uma ligação para qualquer ramal ou celular. É o chamado “siga-me”, que pode ser interno ou externo.

Qualquer tipo de negócio pode se beneficiar do sistema PABX. Mas, se na sua empresa o telefone é essencial, invista em um modelo mais robusto e com mais recursos, capaz de suportar um volume maior de ligações.

Além disso, considere o PABX IP, também conhecido como virtual. Ele funciona como um provedor, isto é, sua rede é unificada em uma interface. Sendo assim, sua instalação e uso são bem simples e rápidos.

Como os ramais são virtuais, as ligações entre escritórios cujas filiais tenham sistemas conectados são gratuitas. Entre as funcionalidades do PABX IP, estão:

  • capacidade ilimitada de ramais;
  • possibilidade de customização, ou seja, a estrutura se molda de acordo com a necessidade da empresa;
  • facilidade na configuração do sistema;
  • gravador de chamada;
  • possibilidade de interligação com computadores e com outros PABX.

Contrate um fornecedor de serviços de telefonia

Todas essas dicas, tanto para avaliar quanto para reduzir gastos com telefonia na sua empresa, podem ser colocadas em prática, de forma mais simples, com a contratação de um bom fornecedor de serviços desse tipo.

Um  parceiro na área consegue garantir as melhores tecnologias para o seu negócio, sempre oferecendo equipamentos de qualidade, com manutenção preventiva e afastando, assim, a possibilidade de incidentes que possam fazer com que sua central telefônica pare.

Aliás, o suporte é extremamente necessário. Caso algum problema inesperado ocorra, seu fornecedor de serviços de telefonia precisa estar a postos para resolvê-lo, minimizando qualquer prejuízo que essa falha possa causar à empresa.

Incentive a comunicação digital

É claro que, para tratar de determinados assuntos, só mesmo fazendo uma ligação. Mas, em alguns casos, essa chamada pode ser substituída pela comunicação digital, ou seja, e-mails, mensagens instantâneas etc.

É muito importante que os avanços da tecnologia e as facilidades que isso tem proporcionado sejam incorporados ao ambiente corporativo. Incentive seus colaboradores a utilizarem essas ferramentas, que são mais baratas e igualmente eficazes. Dessa forma, além de diminuir os gastos com telefonia, você estará integrando seu negócio à modernidade.

Separe os custos telefônicos por setor

Empresas de médio e grande porte, com um número maior de funcionários, precisam separar os custos telefônicos por setor. Isso faz com que cada gerente consiga acompanhar os gastos de sua equipe, tornando, assim, muito mais fácil e efetivo avaliar e controlar.

Além de verificar o comportamento dos colaboradores em relação ao uso do telefone, os gerentes podem incentivar o uso o PABX ou da comunicação digital, que, como vimos, são maneiras eficientes de controlar gastos com telefonia na empresa.

Muito funcionários se acostumaram, por exemplo, durante anos trabalhando na empresa, a usarem apenas o telefone. Sendo assim, só um acompanhamento mais próximo conseguirá mudar hábitos como esse.

Renegocie contratos

A avaliação dos gastos de telefonia de uma empresa pode levar à necessidade de renegociar contratos. O recomendável é que uma consultoria especializada analise e avalie quais são suas reais necessidades. A partir daí, você poderá negociar uma plano de telefonia que corresponda à realidade da sua empresa.

Engana-se quem pensa que a contratação desse tipo de serviço especializado é um gasto a mais. Muito pelo contrário! Esse investimento inicial, mais para frente, representará uma economia significativa para o seu negócio. Isso porque essas empresas conhecem a fundo o mercado e as tarifas praticadas e, dessa forma, conseguem negociar as melhores condições.

Avaliar e reduzir gastos com telefonia é totalmente possível e, até mesmo, simples, já que são muitas as soluções disponíveis. Basta aplicá-las corretamente. Dessa forma, seu negócio, além da economia, dará um passo a mais rumo à modernização dos processos.

Coloque em prática tudo o que aprendeu agora mesmo e perceba os resultados. Confira alguns produtos e serviços que podem ajudá-lo nesse sentido.

4 coisas que você precisa saber sobre telefonia IP

A telefonia pela internet, conhecida também como VoIP (Voice over Internet Protocol ou Voz sobre Protocolo da Internet), ainda é algo que causa dúvidas nas pessoas em relação ao seu funcionamento, mesmo sendo utilizada já há muito tempo. Embora tenha ganhado maior visão no mercado atualmente, esse uso ainda tem seus mistérios na cabeça dos indivíduos.

Então, trouxemos neste post as questões levantadas para sanar suas dúvidas a respeito da telefonia IP. Quer saber mais sobre o assunto? Siga conosco nessa leitura.

1. O que é telefonia IP?

Telefonia pela Internet é uma tecnologia na qual é possível receber e fazer chamadas telefônicas por meio de uma conexão de rede. Como já utilizamos a internet para a transmissão de diversos dados, fica mais fácil e simples a infraestrutura desse método de conexão do que o convencional, que tem ajustes mais complexos.

2. Quais as vantagens de implementar telefonia IP na minha empresa?

São várias as vantagens que a telefonia IP traz para seus usuários, principalmente no que diz respeito às empresas. Veja algumas:

  • é possível ter maior escalabilidade, salvando vários números no seu ramal e aumentando o quanto for necessário;

  • torna-se fazível realizar o atendimento personalizado, organizar as ligações com fila de espera para atendimento, gravações de ligações, atendimento automático, entre outros;

  • permite fazer chamadas de vídeos — o que somente a telefonia IP permite atualmente;

  • possibilita a conexão com o seu número empresarial mesmo que você esteja fora do local de trabalho, quando estiver realizando atendimentos com clientes em outros estabelecimentos. Basta estar conectado a uma rede de internet para utilizar seu número.

  • conexões telefone a telefone, PC a PC e telefone a PC, ou seja, não é limitado apenas a um tipo de conexão de telefonia.

3. Como implementar na minha empresa?

Por ser uma infraestrutura mais simples do que a telefonia convencional e a maioria das empresas já contarem com internet em seus locais de trabalho, a implementação da tecnologia de telefone pela internet se resume a basicamente três opções de instalações:

  • Softphones: são softwares que permitem ter a mesma experiência de um telefone convencional. É possível instalar em diversos aparelhos como smartphones, tablets, notebooks e computadores de mesa. Será necessário apenas a contratação de um plano VoIP;

  • Adaptadores de Telefones Analógicos: os ATAs são equipamentos que se conectam aos telefones de mesa para alterar o seu sinal analógico (telefonia convencional) para digital (telefonia IP). Dessa maneira é possível aproveitar todos os recursos da telefonia pela internet com os mesmos equipamentos do método convencional, sem investir muito em novos equipamentos;

  • Telefones IP: esses já são desenvolvidos especialmente para a telefonia digital, permitindo maior qualidade em seus atendimentos. Ele já recebe o sinal digital da operadora que foi contratada para disponibilizar os serviços de VoIP, e possui diversos recursos que melhoram a rotina de trabalho.

4. A telefonia IP é um serviço gratuito?

Algumas operadoras têm pacotes VoIP gratuitos e os disponibilizam para os seus clientes, porém, eles são limitados e disponibilizam poucos minutos mensais. Não é vantajoso para empresas que querem trabalhar com atendimento personalizado e profissional. Portanto, o ideal é contratar um plano especializado para a demanda do seu negócio.

A telefonia IP é um ótimo investimento para as empresas. Permitindo maior proximidade com seus clientes, já que é possível realizar atendimentos personalizados, chamadas de vídeos e acessar seu número empresarial mesmo fora do local de trabalho.

Gostou de saber mais sobre a telefonia IP? Compartilhe com seus clientes, amigos e funcionários, para que mais pessoas se integram a essa forma de telefonia digital.

Como encontrar bons planos de telefonia para a empresa?

Em tempos difíceis para a economia brasileira, é necessário fazer uma revisão dos gastos a fim de reduzir os custos. Entre as despesas fixas, tem uma que sempre passa despercebida: os planos de telefonia.

Por mais que os avanços tecnológicos tenham contribuído para facilitar a comunicação e o relacionamento com o cliente, o plano de telefonia empresarial ainda é essencial. Para fechar um contrato, por exemplo, é preciso ter a garantia de que a ligação não vai cair.

Essa é apenas uma das muitas vantagens de se investir nesse serviço. Se você também entende a importância, mas está cansado de pagar caro por uma qualidade que deixa a desejar, não se preocupe. As dicas abaixo ajudarão a encontrar bons planos.

Faça um levantamento das necessidades

Sabe aquele plano turbinado, que oferece milhões de benefícios que mexem com a cabeça de qualquer um? Pode ser que ele não seja tão necessário assim. Entretanto, pode ser que aquela oferta econômica não atenda a demanda da sua empresa.

É preciso ser objetivo e eficiente na escolha do plano. Após analisar suas ligações locais e interurbanas e descobrir qual representa maior gasto, entender se uma TV por assinatura realmente impacta na motivação dos funcionários ou se gera valor pro cliente e demais fatores, o próximo passo é encontrar o melhor custo-benefício.

Analise o atendimento ao cliente

Certamente você já passou por situações desagradáveis com o seu telefone pessoal, que fez com que muito tempo fosse perdido na linha de espera ou que aquela dor de cabeça aparecesse diante de cobranças indevidas.

Sendo assim, é importante considerar a qualidade do atendimento da operadora, principalmente em relação à resolução de problemas. Tempo é dinheiro, e você não vai querer gastar energias resolvendo pendências que poderiam ser evitadas. Faça uma pesquisa criteriosa na Anatel para descobrir os pontos fortes e fracos de cada operadora.

Leia as entrelinhas

Desconfie de ofertas muito boas. Elas podem trazer contratos abusivos e forçar a aceitação de serviços que não você sabia que estava contratando. E, o pior, é que essas desagradáveis surpresas só são descobertas quando chega a primeira cobrança.

Assim como podem surgir serviços extras, outros podem desaparecer na hora que você mais precisa. As ligações vendidas como ilimitadas, por exemplo, nem sempre são irrestritas. Elas podem ter data para acabar ou impedimentos para determinados números.

Faça auditoria nas contas telefônicas

Muitas operadoras não respeitam o que está no contrato. Porém, essas falhas nem sempre são percebidas. Por ser algo que pode resultar em processos, as tarifas a mais são adicionadas em que menos se espera.

Para se livrar desses problemas, a dica é encontrar um parceiro que preste serviços de consultoria para telefonia fixa, móvel e TI como forma de identificar essas cobranças indevidas. Não deixe que passem a perna em sua empresa.

Pense em seu cliente

Sabe aquele wi-fi que todo mundo procura para conectar quando chega em um estabelecimento? Ele pode ser oferecido para seu cliente sem que pese no orçamento da empresa. Pense que gerar valor para o consumidor é um investimento e um não gasto.

Porém, pode ser que seja mais importante ter uma TV por assinatura na sala de espera ou que nenhum dos dois faça diferença. É preciso entender seu público para não correr o risco de gastar com algo dispensável ou para não deixar de aproveitar uma oportunidade que sua operadora oferece sem impactar no orçamento.

Além dessas dicas, aqui vai um conselho: não tenha medo de questionar um contrato ou de correr atrás de seus direitos. Entender o que sua empresa está pagando e eliminar os problemas é uma forma de fazer a organização crescer.

Agora que você já entendeu como os planos de telefonia podem impactar na qualidade da empresa, é hora de começar a investir corretamente. Seu negócio merece produtos e serviços de excelência!

Internet 5G: você já conhece essa tecnologia?

A Transformação Digital chegou e novas tecnologias surgem a todo instante, tais como a internet 5G. O mundo está cada vez mais dinâmico e as mudanças são rápidas. É preciso se manter atualizado sobre os novos rumos da telecomunicação.

Ficou interessado no assunto? Então, confira as principais consequências da internet 5G e como essa tecnologia pode impulsionar o seu negócio!

Mas afinal, o que é internet 5G?

Trata-se da quinta geração de internet móvel que representa o futuro dos sistemas de comunicação sem fio. O intuito é substituir o 4G nos próximos 10 anos.

A tecnologia 3G é dominante e o 4G ainda está em evolução em diversos países. Entretanto, isso não é um impeditivo para as empresas se adaptarem ao 5G. Essa nova tendência, que promete velocidades mil vezes mais rápidas que o 4G, pode mudar totalmente a arquitetura de conectividade móvel em um futuro próximo.

De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a internet 5G chegará ao Brasil apenas em 2020 pois o governo federal ainda precisa regulamentar as formas de licenciamento para esse novo tipo de cobertura de dados. Durante o evento MWC 2017, o Ministro Gilberto Kassab promoveu gestões para viabilizar o 5G na rede brasileira.

Trata-se do Projeto 5G Brasil em parceira com a Infrastructure Association. O objetivo do governo brasileiro é observar o desempenho do 5G nos países estrangeiros e depois escolher o nosso modelo operacional.

Como essa tecnologia pode aplicada?

1. Carros autônomos

A Internet das Coisas (IoT) já faz parte das nossas vidas e estamos cada vez mais interconectados. Smartphones, cidades inteligentes, wearables, cloud computing, veículos autônomos e GPS são resultados da Era Digital.

Pois bem, a internet 5G será vital para o funcionamento seguro dos carros autônomos, visto que esses veículos consumirão muitos terabytes de informações diariamente. Sensores como radares e câmeras receberão esses dados e deverão processá-los em milissegundos, a fim de manter o trânsito em ordem. 

Uma alternativa interessante para o seu negócio é avaliar como os planos de dados serão afetados pelo rápido surgimento de novos dispositivos móveis. Nós podemos te ajudar nisso!

2. Digitalização industrial

A internet 5G também afetará os setores produtivos. A competitividade no mercado depende de como as empresas fornecem os seus serviços e controlam os seus custos e isso envolve tecnologia. Os modelos de negócio que funcionavam antes deverão ser revistos e continuamente melhorados.

O 5G será fundamental para a digitalização dos processos industriais, visto que permitirá linhas de produção robotizadas, estações de trabalho remotas, automação administrativa, sistemas inteligentes e imagens com ultra-alta definição (UHD). A atualização tecnológica terá um papel relevante na sobrevivência da sua empresa.

3. Conectividade constante

O futuro das telecomunicações é a internet 5G. Por meio dessa tecnologia, os dispositivos poderão trocar dados com velocidades na ordem 1 Gigabyte por segundo. Arquivos e documentos grandes poderão ser baixados em poucos minutos.

Os tempos de latência também serão reduzidos e assim poderemos concluir transações rapidamente. A promessa é que a internet 5G não pare de funcionar. Trata-se da disrupção. As conexões serão ininterruptas e com alta disponibilidade.

4. Hospitais conectados

Com o advento da internet 5G, os equipamentos hospitalares serão comercializados com mais segurança e terão a sua conectividade ampliada. A atualização online dos boletins médicos reduzirá os custos do tratamento dos pacientes.

Essa evolução tecnológica também facilitará os serviços de homecare e de diagnósticos. Mas para tanto, é necessário que haja planos de telefonia empresarial capazes de suportar altos volumes de dados.

Muito bem, esses são os principais impactos que a internet 5G poderá trazer para os negócios. Ficou interessado no assunto? Então, assine o nosso newsletter e se mantenha atualizado com as novidades sobre telecomunicações.

Descubra aqui quando você deve procurar uma consultoria telecom!

Com a presença cada vez maior dos smartphones corporativos nas mesas de trabalho, a logística de gerenciamento das contas telefônicas tornou-se frequente nas rotinas das corporações. É exatamente aí que entra a atividade de uma consultoria telecom.

Afinal, é preciso gerenciar de maneira eficiente esse fator, já que ele pode colocar o faturamento do negócio em risco. Nesse cenário, contar com o trabalho de profissionais qualificados é indispensável.

E qual é a hora certa para contratar uma consultoria empresarial de telecom? Essa não é uma tarefa simples e, na maioria dos casos, a dificuldade ocorre em razão da falta de conhecimento sobre como é o trabalho de uma consultoria.

Neste post, sanamos as dúvidas sobre a consultoria telecom. Quer entendê-la melhor? Confira!

Qual é a importância da consultoria telecom?

Contratar uma consultoria telecom traz para a empresa experiências, práticas e conhecimentos que aceleram o alcance dos objetivos da companhia. Esses serviços atuam como gerenciadores e orientadores das contas de telefone da empresa.

Seu foco, então, é melhorar o acompanhamento dos contratos e reduzir os custos desnecessários. Para isso, tem, em sua equipe, profissionais especializados em otimizar a utilização dos telefones na rotina das organizações.

Quais são os benefícios de contratá-la?

Rapidez no alcance de resultados

Em muitos casos, é preciso saber esperar para conquistar o que se deseja. Muitas vezes, entretanto, o tempo necessário para alcançar uma meta está mais relacionado ao conhecimento, à experiência e aos recursos disponíveis.

Assim, é possível que uma pessoa com poucos recursos e preparo insuficiente alcance o mesmo resultado que outra mais preparada e com recursos melhores, mas em um intervalo de tempo diferente.

Dessa forma, contratar uma consultoria telecom permite que a empresa atinja os resultados almejados mais rapidamente, pois traz consigo recursos importantes, principalmente a experiência e o conhecimento da equipe.

Novos conhecimentos para a empresa

O trabalho de consultoria não é feito de maneira isolada, mas em parceria com os profissionais de tecnologia da informação (TI) da contratante. Nessa relação, há naturalmente uma troca de conhecimento e, claro, uma maior competência para a execução das tarefas e a atualização dos profissionais.

Ao contratar uma consultoria telecom, a empresa obtém algo muito valioso: conhecimento atualizado e adequado para atingir os melhores resultados.

Suporte para tomadas de decisão

De fato, ter informação é indispensável para as tomadas de decisão, mas, muitas vezes, não é o bastante. É fundamental ter uma visão holística que vá além da realidade da empresa e enxergue tanto o que é vivido em outros setores quanto as tendências e a situação econômica.

O papel de um consultor vai muito além de apenas trabalhar em benefício de um determinado resultado. Afinal, ele atua como conselheiro para ajudar os gestores a tomarem decisões mais vantajosas para a companhia.

A contratação de uma consultoria telecom, portanto, inclui também o suporte para tomadas de decisão táticas, estratégicas e operacionais. Isso aumenta significativamente as chances de sucesso do negócio.

Melhoria do desempenho em geral

Quando o assunto são os objetivos empresariais, é comum que eles sejam divididos em curto, médio e longo prazos. Ou seja, em geral há um caminho a ser percorrido.

No entanto, além de saber aonde quer chegar e qual caminho deve ser percorrido, é necessário ter uma estratégia de crescimento. Afinal, é preciso que haja melhoria do desempenho. A empresa deve, então, aprimorar sua eficiência em todas as tarefas diariamente.

Contratar uma consultoria telecom não está apenas relacionado a resultados futuros, mas também à melhoria cotidiana. Os consultores atuam e têm estratégias eficientes para que a empresa chegue aonde deseja.

Atualização de contratos

As pessoas, o mercado e os produtos e serviços estão em contínua evolução e atualização. Para que as organizações se mantenham competitivas, é preciso que acompanhem essas mudanças.

Na prática, isso significa que os processos devem ser revisados e a estratégia, executada. Além disso, a empresa deve estar disposta e preparada para passar por mudanças e até revisar os contratos vigentes.

Ou seja, toda a organização deve se atualizar continuamente para crescer e sobreviver no mercado. Investir em uma consultoria telecom é, portanto, adotar a postura de atualização e economia constantes, bem como trabalhar em parceria com os consultores para tornar a empresa mais preparada.

O que deve ser observado?

Otimização do serviço de telecomunicações

O negócio tem recebido os serviços necessários? Os profissionais criam promoções constantemente, mas é difícil saber se elas são benéficas para a empresa?

As chances de que a companhia tenha pagado caro por alguns serviços, em razão de erros ocultos, são bastante altas. Com o auxílio de um consultor de telecom, a companhia tem todas as faturas analisadas por especialistas que verificam os erros e as oportunidades de economia.

Dessa forma, tem-se a certeza de obter o que realmente precisa e de que as mudanças necessárias serão implementadas. Assim, as despesas com telecom passam a ser gerenciadas de forma mais eficiente.

Realização de uma revisão de tecnologia

A indústria de telecomunicações muda rapidamente e a empresa deve estar ciente disso. Assim, o que funcionou no ano passado pode não ser a melhor opção para atender às necessidades atuais. O trabalho da consultoria, então, assegura que as decisões de TI sejam do interesse da companhia.

Negociação de contratos de telecomunicações

Quando se trata de serviços e equipamentos de telecomunicações, dificilmente a empresa sabe exatamente o que paga. Muitas gastam recursos e tempo para compreender os termos e as condições dos contratos e como eles equivalem a despesas mensais reais.

Isso torna a negociação bastante difícil. Um consultor, então, desempenha uma função muito valiosa nesse processo. Além disso, uma investigação aprofundada permite garantir os melhores preços e planos para a companhia.

Apesar de, no início, parecer um investimento que vai pesar no orçamento, a consultoria telecom mostra seu valor ao garantir excelentes retornos de investimento. Assim, equilibra as contas enquanto permite que a companhia usufrua das vantagens do uso dessa tecnologia em sua rotina.

Quer economizar dinheiro nas despesas de telecomunicações da sua empresa? Então continue com a gente e saiba como escolher uma consultoria de telefonia.

Área de telecomunicações: por que investir nesse setor da empresa?

A área de telecomunicações da empresa é uma opção bastante atrativa para os investimentos, uma vez que ela contribui significativamente para a melhoria dos processos internos do negócio, refletindo em uma forma mais eficaz de a empresa se comunicar externamente e internamente.

Independentemente da crise econômica e política que abateu o país, a demanda por serviços de telecomunicações continua aumentando. Grande parte dela acontece em razão de a relevância desse tipo de serviço ter passado a ser vista com maior seriedade por parte dos gestores.

Então, para que você não fique de fora dessa, confira os principais motivos para investir no setor de telecomunicações e algumas dicas para otimizá-lo! Boa leitura!

Qual é a importância de investir no setor de telecomunicações?

Toda empresa deve contar com uma estrutura de telefonia eficaz. As necessidades de conexão e de comunicação no universo corporativo são multicanais e envolvem mobilidade, telefone, Internet, e-mail e nuvem.

Hoje em dia, a necessidade de controlar o setor de telecomunicações de forma eficiente tem aumentado cada vez mais. A grande concorrência que organizações de todas as áreas têm enfrentado trouxe à tona a necessidade de otimizar os recursos disponíveis e diminuir custos para atrair mais clientes, mas, claro, sempre atentando para a qualidade dos serviços ou produtos oferecidos.

Quais os motivos para se investir em telecom?

Otimizar a infraestrutura de comunicação da empresa

Quanto custa perder tempo se a produtividade dos profissionais for comprometida por baixa taxa de transferência de dados e falta de qualidade na Internet? Ou perder clientes por causa de uma má qualidade na ligação?

Ter uma infraestrutura mais atualizada e completa significa contar com todos os recursos de comunicação que se encontram disponíveis atualmente. Isso inclui a utilização dos melhores equipamentos (hardwares), sistemas (softwares) e demais metodologias e tecnologias aplicáveis.

Dessa maneira, é possível oferecer a base necessária para um serviço de atendimento mais eficiente, para a criação de estratégias mais dinâmicas de interação com os clientes etc.

Aumentar o controle sobre as ligações efetuadas

Quantas vezes já foi preciso intermediar algum impasse entre um colaborador e um fornecedor ou entre um cliente e um colaborador por falha na comunicação?

Investir no setor de telecomunicações da empresa vai oferecer a você o poder de controlar as ligações, podendo gravá-las para que possam ser consultadas nos casos de desentendimentos, por exemplo.

Maior agilidade na resolução de problemas

Além da infraestrutura de TI, respostas mais rápidas para melhorias dos serviços e ações corretivas também podem ser resultados do acompanhamento contínuo. Nesse caso, é importante avaliar o relacionamento e a proximidade com o provedor tecnológico.

Quais as melhores dicas para otimizar o setor?

Tenha um software de gestão

Os softwares de gestão de telefonia vão automatizar todo o trabalho, assim, não será preciso ter um profissional dedicado a fazer essa função. A ferramenta permite distribuir as despesas por centros de custos, controlar as tarifas ao centralizar as cobranças e oferecer relatórios de uso.

Com esse mapeamento feito, é possível adicionar políticas de uso por categoria de ramal, adequando o consumo a planos de telefonia mais atrativos e evitando pagamentos acima do necessário. Dessa forma, há maior visibilidade das despesas e de seus responsáveis, facilitando a tomada de decisões de investimento e de economia.

Elabore contratos

As empresas geralmente fazem negócios com condições mais vantajosas com as operadoras, afinal, utilizam um volume alto de serviço. Os acordos devem ser controlados para verificar se o nível de serviço, as tarifas e os demais itens do contrato estão sendo respeitados.

Defina seus objetivos

Quando a gestão é terceirizada, há um contínuo acompanhamento. Assim, com o passar do tempo, e com base no objetivo da organização, o especialista passa a conhecer melhor os detalhes de uso, permitindo a busca de outras estratégias para ter uma economia constante.

Não se esqueça de que a eficiência na prestação de serviços na área de telecomunicações deve ter a finalidade de ajudar a empresa a refletir, com mais precisão, sobre os pontos de melhoria do seu negócio!

E aí, ficou interessado e quer investir na área de telecomunicações da sua empresa? Então entre em contato conosco agora mesmo!

Veja as 4 vantagens de usar atendimento automático na sua empresa!

O atendimento automático ao cliente tem ganhado muita força no mercado, pois é uma solução que trouxe uma melhor comunicação entre a empresa e os clientes de forma muito mais eficiente e ágil. Isso se torna bastante útil para as corporações, uma vez que possibilita o gerenciamento dos assuntos pendentes com maior rapidez e produtividade.

Se hoje as pessoas estão conectadas o tempo todo e diariamente, é claro que elas desejam que as empresas também estejam sempre disponíveis para atendê-las e solucionar os seus problemas. Por isso, o atendimento automático é fundamental para fidelizar clientes.

Dessa forma, uma verdadeira central automatizada que oferece aos clientes respostas adequadas com base na interpretação dos questionamentos se torna fundamental para qualquer negócio. Então, confira as vantagens de usar esse atendimento na sua empresa e boa leitura!

1. Diminui o tempo de espera do cliente

O sistema de respostas une tecnologia e inteligência para permitir que as perguntas realizadas pelos clientes sejam interpretadas e respondidas em tempo real. Todo o processo é feito a partir da análise do banco de informações e com a comparação de palavras e comportamento do consumidor. A resposta automática é capaz de detectar e retornar instantaneamente, sem precisar de uma intervenção humana.

Em um atendimento direto via call center, os clientes podem precisar aguardar muito tempo para terem suas dúvidas respondidas. Isso acontece por vários motivos, e um deles é o fato de que o atendente pode não ter acesso a todos os dados da pessoa. Dessa forma, ele não consegue resolver os problemas de maneira rápida.

2. Reduz a perda de clientes por falta de atendentes

Com o atendimento automático, a sua empresa não perderá mais clientes, pois é possível solucionar suas dúvidas a qualquer hora do dia. Isso porque ele funciona 7 dias por semana e 24 horas por dia!

É uma forma de interação que está sempre disponível e que, certamente, ajudará a sua empresa a fidelizar mais clientes. Lembrando que, para as solicitações que demandam o atendimento humano, o cliente será orientado para que faça uma ligação no horário de funcionamento da organização.

3. Cria um atendimento incrível para seu cliente

Com o atendimento automático, o gestor é capaz de ter uma visão totalmente nova da sua área de atuação. Isso acorre, pois, no momento de automatizar o atendimento, é preciso rever as rotinas de atendimento da organização, mas tudo sob a ótica do cliente.

Ao usar de empatia, ou seja, se colocar no lugar do cliente, o gestor terá a chance de perceber como um atendimento inovador pode fazer toda a diferença. Existem inúmeros elementos de comunicação e de marketing que podem ser incorporados, possibilitando a renovação por completo do status dos canais de atendimento da empresa.

4. Otimiza a equipe de atendimento

As facilidades de usar o atendimento automático agilizam a produtividade e ainda otimizam os processos da sua empresa, como a redução do tempo inoperante do atendente. Tal agilidade levará o profissional a ser mais produtivo, fazendo com que ele evite filas de espera, solucione diversos problemas e evite que os clientes fiquem insatisfeitos.

Enfim, todos os índices de produtividade poderão ser alcançados de maneira mais realista e plausível, fazendo com que as preocupações com as políticas de atendimento sejam reduzidas.

É importante lembrar que a equipe precisa ser bem treinada e motivada, pois, assim, todos os serviços e funções serão melhorados e a imagem da sua empresa será positiva — com certeza, muito melhor do que antes de aproveitar o atendimento automático em seu negócio!

Se você gostou do nosso material ou ainda ficou com alguma dúvida, não deixe de comentar e compartilhar suas opiniões e perguntas com a gente e os demais leitores!

Veja o impacto do atendimento telefônico na retenção de clientes!

Você já parou para pensar que, na maioria das vezes, o primeiro contato de um cliente com uma empresa é por meio de um atendimento telefônico? Quantas vezes pesquisamos uma marca na internet ou lemos um anúncio, e quando nos interessamos pelo serviço ou produto, optamos pelo contato telefônico para obter mais informações, não é mesmo?

Mesmo diante de tantas possibilidades comunicativas decorrentes de novas tecnologias, o telefone continua sendo um dos primeiros elos entre a empresa e o cliente, o que o torna um forte instrumento de relacionamento.

Por isso, preparamos este post com alguns erros comuns no atendimento telefônico e dicas para que você ofereça um atendimento de qualidade na sua empresa. Confira e boa leitura!

Qual é a importância de um bom atendimento telefônico?

O atendimento ao cliente pelo telefone é um grande diferencial no relacionamento com o público, seja em um escritório, em um call center ou em qualquer empresa que ofereça esse meio de comunicação.

A forma como o consumidor é tratado influencia diretamente a sua percepção em relação à marca contatada. Portanto, quanto melhor for o atendimento, melhor será a imagem da empresa diante dos seus clientes.

Dessa forma, é fundamental ter consciência de que, por meio desse contato, a primeira impressão do público em relação à empresa será formada. Inclusive, é nesse momento que o profissional precisa encantar o potencial comprador.

Quais são os erros que podem afastar os clientes?

Longas esperas

O erro mais comum cometido pelos atendentes é deixar o cliente esperando um longo tempo na linha, sem ao menos “dar um sinal de vida”. De fato, ninguém gosta de muita espera quando tem pressa para solucionar um problema.

Transferência excessiva de chamadas

E quando você liga para um atendimento e tem a impressão de que ninguém consegue resolver o seu problema, e ficam transferindo de departamento? Esse é outro erro que os clientes não aprovam em um atendimento telefônico, uma vez que precisam repetir as informações várias vezes.

Interferências externas na ligação

Todos sabem que o ambiente em centrais de atendimento telefônico pode ser muito barulhento e caótico. Se por um lado toda essa energia tende a ser positiva para a equipe, por outro ela pode deixar o atendimento desagradável para o cliente. Ruídos, barulhos, risadas, músicas e conversas paralelas deixam a ligação ruim e o cliente insatisfeito.

Falar rápido e não saber ouvir

Outro erro bastante comum é o fato de os atendentes passarem muitas informações de uma vez só e falarem muito rápido. Além disso, acabam falando muito e não abrindo espaço para que o cliente fale. Isso pode ser extremamente prejudicial no atendimento telefônico.

Quais são as dicas para fazer um bom atendimento?

Profissionalismo

Mesmo que você trabalhe em um local descontraído, é preciso manter sempre certa formalidade. Dessa forma, você será capaz de transmitir respeito e seriedade ao seu cliente, mesmo estando a quilômetros de distância dele.

Tom de voz

Os extremos devem ser evitados em um atendimento telefônico. Então, não fale nem muito baixo nem muito alto; nem rápido demais nem tão devagar. O tom de voz precisa apresentar volume e ritmo adequados. Lembre-se de que ele é capaz de transmitir doçura, raiva, irritação, preguiça etc., por isso toda a atenção nesse sentido é pouca.

Expressões

Também é preciso adequar as expressões ao falar com o cliente. Quando você se expressa de maneira certa, está demonstrando a ele profissionalismo, seriedade e competência.

Paciência

Seja bem paciente com os clientes. Afinal, você está ali para atendê-lo da melhor forma possível, a fim de manter um relacionamento de excelência.

O atendimento telefônico deve resultar em satisfação do público, mas também precisa ser vantajoso para a empresa. Então, não perca tempo com erros que podem ser corrigidos. Seguindo essas dicas, você e a sua empresa estarão preparados para prestar um atendimento eficiente e deixar os seus clientes cada vez mais satisfeitos.

E aí, o que achou deste post? Gostou? Então acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro das nossas atualizações. Estamos no Facebook, no LinkedIn e no YouTube!

Entenda o que você deve avaliar ao contratar um telefone pabx!

Chegou a hora de ligar para o seu cliente que está quase finalizando o negócio, mas você percebe que todos os telefones estão ocupados e não sabe se é melhor aguardar a liberação de um telefone ou se faz a chamada do seu celular. Em situações como essa, um telefone pabx é a melhor solução.

Por meio dele, você e qualquer outro funcionário da empresa podem fazer ligações externas simultaneamente. Assim, ninguém precisa esperar uma chamada terminar para fazer outra.

Isso se torna possível pois o sistema pabx funciona como uma central telefônica, ou seja, concentra todas as ligações em um só aparelho para, em seguida, serem encaminhadas para a pessoa certa. Então, se ficou interessado, confira os cuidados que você deve ter ao contratar um telefone pabx. Boa leitura!

Infraestrutura

A infraestrutura de um sistema de pabx é indispensável para que o seu funcionamento seja eficaz. Como ela é, geralmente, responsabilidade dos clientes, alguns fornecedores não querem ou não sabem indicar o melhor quadro, afinal, pode gerar custos maiores para o consumidor, impedindo a venda. Fuja desses fornecedores, pois é preciso considerar a infraestrutura como um critério na hora de escolher um provedor de serviço.

O ideal é buscar parceiros que demonstrem o real quadro de sua estrutura, e indiquem os caminhos certos para manter a estabilidade da solução oferecida. Então, verifique de que maneira o fornecedor trata a questão como, por exemplo, se ele indica planos que contemplem a acomodação dos equipamentos, rack e patch panels no serviço.

Não se esqueça de que o retrabalho sempre custa mais caro, por isso é mais vantajoso ter atenção desde o início do processo, para não se arrepender no futuro.

Link de internet

Outro fator relevante e que exige um acompanhamento é o link de internet. Principalmente quando há necessidade de uma mudança de endereço, é necessário garantir que haja conexão suficiente no local, a fim de ter estabilidade das taxas de upload e download.

Manter um sistema de redundância é fundamental para evitar problemas. Pode-se fazer isso usando dois links separados, de provedores distintos. Assim, caso o primeiro não lhe atenda, o segundo opera para substituí-lo.

Procedência do fornecedor

Investigue a experiência do fornecedor. Quantos clientes ele já atendeu? Está no mercado há quanto tempo? Ele atua em todo o Brasil? Essas são informações muito importantes e úteis na hora da decisão final.

Não deixe de verificar, também, a política de qualidade da empresa. Pense bem: caso o fornecedor não se preocupa em vender um produto de qualidade, como você vai assegurar a qualidade para o seu cliente?

E lembre-se de não se restringir apenas à reputação. Consulte conhecidos, amigos e até a internet para saber se a empresa oferece soluções de qualidade e se é idônea tal qual afirma nas campanhas publicitárias.

Na visão do cliente, a qualidade do fornecedor do serviço está diretamente relacionada a sua. Por isso, realize todas as pesquisas que você julgar necessárias para escolher um parceiro de confiança.

Suporte técnico de qualidade

Vamos supor que você comprou um telefone pabx e em menos de 20 dias ele começou a dar problemas. Ao ligar para o suporte da empresa, disseram que vão levar 30 dias para resolver o ocorrido. Será que um fornecedor como esse será capaz de lhe ajudar em uma situação mais séria?

Essa é uma das perguntas que você deve fazer antes de adquirir um telefone pabx  para garantir a sua qualidade. Então, invista em um produto que, caso apresente algum defeito, dê a certeza de que você poderá contar com profissionais qualificados, prontos para ajudar.

Você gostou deste texto sobre o que você deve avaliar ao contratar um telefone pabx? Então aproveite a visita para assinar a nossa newsletter. Assim, você vai receber as nossas atualizações diretamente na sua caixa de entrada!

Você conhece os principais erros na gestão telecom? Veja aqui!

Uma gestão de telecom inadequada pode levar uma empresa a pagar custos altos com a fatura no final do mês. Infelizmente, muitas organizações ainda cometem erros, que poderiam ser evitados para afastar prejuízos relacionados ao descontrole no uso dos recursos e ao desperdício.

Uma gestão de telecom eficiente pode trazer muitos benefícios para uma empresa, como a redução de custos desnecessários em telefonia, aumento de produtividade, centralização e segurança de informações.

Confira a seguir os principais erros cometidos pelas empresas em gestão de telefonia, para não cometer na sua empresa.

Não usar softwares de gestão

Diferentemente do que alguns gestores acreditam, utilizar planilhas para ajudar a gestão de telecom é mais trabalhoso e pouco eficiente. Isso porque a empresa precisa designar um colaborador exclusivo para essa função.

Além disso, deixar todo o processo na responsabilidade de apenas um profissional pode deixá-lo mais suscetível a erros, por se tratar de uma atividade complexa e normalmente arriscada.

Os softwares de gestão, por sua vez, são capazes de fazer todo o trabalho de maneira otimizada e automática, o que torna o processo mais preciso e rápido, além de oferecer gráficos e análises sobre o funcionamento do serviço de telecom da empresa.

Então, a melhor solução é trocar as planilhas por um software de gestão que, além de minimizar a margem de erros e tornar os trabalhos mais rápidos, ainda vai ajudar a empresa a economizar, uma vez que não será mais necessário designar um profissional exclusivamente para essa tarefa.

Não ter controle sobre as faturas de telecom

Várias organizações têm um grande problema, pois o sistema de gestão de gastos de telecom que apresentam é realizado de forma ineficiente, gerando custos desnecessários para a empresa.

Portanto, é preciso fazer a coleta, identificar, analisar e organizar todas as faturas, recursos e contratos de telefonia móvel, fixa e dados pagos mensalmente pelos clientes. E, claro, é fundamental que a empresa use as faturas eletrônicas para garantir maior eficácia e otimização de recursos.

Não saber o que estão pagando e contratando

Muitas empresas estão pagando e contratando serviços de telefonia que nem sabem o que e porque estão fazendo. É comum que as faturas das contas telefônicas apresentem erros em suas cobranças de tarifas e de pacotes de serviços.

Por causa desses erros, fazer uma auditoria mensal das faturas é indispensável para analisar se os valores de tarifas são mesmos estipulados em contrato. Afinal, os valores podem ser contestados para reembolso, por meio de uma auditoria retroativa.

Não ter uma gestão de pagamentos eficiente

A ineficiência da gestão de pagamento muitas vezes geram custos desnecessários e perda de produtividade. Em certos casos, pode gerar até um passivo considerável de contas não pagas, aparecendo após anos como um grande problema a ser sanado pela empresa.

Assim, para uma boa gestão é preciso analisar o perfil de consumo e utilização de telefonia móvel, fixa e dados, adequando o perfil, identificando as reais necessidades da organização e buscando oportunidades para reduzir os custos de telecom de maneira contínua.

Não saber negociar com fornecedores de telecom

Saber negociar pode fazer com que a empresa tenha sucesso com seus fornecedores. Mas o que é preciso para conseguir um bom acordo? Combinar prazos, compreender o cenário antes de tomar uma decisão, estabelecer metas, se preparar com argumentos e dados e buscar sempre agir de maneira honesta.

Evitando todos esses erros e seguindo as nossas dicas, é possível fazer uma transformação na comunicação dentro da sua empresa. Uma efetiva gestão de telecom vai permitir que a sua empresa mantenha uma tecnologia com um baixo custo e mais qualidade em seus serviços. Isso melhora a comunicação externa e interna, o que é extremamente relevante para o relacionamento com o cliente.

Gostou do artigo? Então aproveite a visita em nosso blog e leia também o texto “Como escolher uma consultoria de telefonia? Confira 4 dicas”.

Skype ou voIP: quais são as diferenças e qual escolher?

No vasto campo da telecomunicação e de suas variadas possibilidades em razão das inúmeras ferramentas disponíveis no mercado, vários gestores podem ficar na dúvida sobre qual o melhor serviço para escolher. Skype ou VoIP, eis a questão!

Muito utilizados por empresas, tais sistemas estão entre os preferidos para realização de atendimentos aos clientes, reuniões, treinamentos ou até mesmo para esclarecer pendências com fornecedores. 

No entanto, apesar da proximidade entre o Skype e o VoIP, existem várias diferenças. Você sabe identificá-las? É o que mostremos neste post. Portanto, continue lendo e saiba fazer a melhor escolha para seu negócio! 

O que é o Skype?    

O Skype é um software que realiza a transmissão de mensagens, áudios e vídeos entre duas pessoas ou mais. Trata-se de uma categoria VoiP específica, com a qual os usuários podem fazer videoconferência ou audioconferência. 

Com ele, também é possível compartilhar arquivos, podendo ser utilizados em diversos meios de comunicação, como celular, computador, tablet ou TV. 

O sistema garante a segurança dos usuários por ser criptografado, além de ter bom desempenho, qualidade de imagem e áudio. O download é gratuito, mas é preciso que você conte com uma máquina com boa configuração tanto de placa de vídeo quanto de processador. 

O que é o VoIP?        

O VoIP é um sistema de ligação via Internet voltado para empresas que fazem vários atendimentos ao mesmo tempo, sendo muito requisitado para call centers e telemarketing.  

Esse meio de telefonia contribui com a otimização de atendimento, agilizando os contatos com clientes, fornecedores e até mesmo com colaboradores dentro de uma corporação.  

Trata-se de um sistema que funciona por meio de um número de IP, responsável pela definição do código de sua Internet banda larga. É econômico, pois faz ligações a destinos distantes com valores locais, além de contar com vários planos voltados para necessidades distintas. 

Quais são os prós e contras?  

Apesar de serem bem similares, ambos os sistemas possuem aspectos positivos e negativos, que devem ser bem analisados para suprir adequadamente a realidade de cada empresa, assim como seus objetivos comunicacionais. 

Em relação ao Skype, podemos citar como ponto favorável a gratuidade da instalação e os preços baixíssimos das ligações. Além disso, ele pode ser acessado por vários dispositivos.

No entanto, o Skype não conta com um suporte e nem é possível fazer várias ligações ao mesmo tempo, ou seja, seria impossível utilizá-lo em um call center, por exemplo. 

Já o VoIP soluciona exatamente essa pendência: o sistema consegue reunir em uma central várias ligações, oferecendo inúmeras possibilidades. É possível gravar as conversas, destinando segurança jurídica à empresa, além de realizar encaminhamentos de chamadas e ainda fazer com que várias ligações ocupem um mesmo espaço.  

Porém, o sistema precisa ser pago para ser instalado. Você ainda precisa possuir uma Internet banda larga, com rapidez e eficiência para destinar qualidade às ligações. Assim, caso a rede saia do ar, o VoIP também fica sem funcionalidade.    

Skype ou VoIP? Qual escolher? 

Diante dos argumentos apresentados, você pode se questionar: escolho Skype ou VoIP? A nossa dica é bem simples: conheça a realidade da empresa e suas necessidades. 

Se o dia a dia corporativo exige muitas reuniões, treinamentos com pessoas que estejam distantes e contatos com fornecedores, o Skype resolve a demanda.  

Agora, se você faz vários atendimentos a clientes, vende produtos, mantém inúmeros contatos comerciais diariamente e ainda realiza ligações diversas, opte pelo VoIP. 

Skype ou VoIP, já escolheu o melhor para seu negócio? Então, compartilhe este post agora mesmo em suas redes sociais e leve conteúdo de qualidade aos seus amigos e familiares!  

O que é VPN? Tire suas dúvidas sobre as redes privadas

As ferramentas tecnológicas estão em constante evolução e aproveitar bem as potencialidades das telecomunicações pode ser um diferencial para a sua empresa. Apesar de sua utilização ter se tornado significativamente crescente nos últimos anos, ainda há pessoas que não sabem o que é VPN.

Então, preparamos este post com informações básicas sobre a Virtual Private Network (ou Rede Virtual Privada em português) e como ela pode incrementar as atividades da sua empresa.

O que é VPN?

A rede virtual particular interconecta dispositivos por meio das redes públicas. É uma solução de internet bastante utilizada pelas empresas que precisam se comunicar com as suas sedes e filiais, principalmente por ser mais barata se comparada com linhas privadas, cabos de redes, links de rádio e equipamentos wireless.

Ou seja, implantar uma VPN pode ser interessante para o seu negócio visto que é uma alternativa segura e de baixo custo.

Quais são as vantagens de usar a VPN?

Confira agora como as principais funcionalidades das VPN e como podem agregar valor para o seu negócio.

Conectividade

Como são mais baratas do que os links dedicados, a rede virtual pode aumentar progressivamente a conectividade da empresa. A internet possui pontos de acesso difundidos pelo mundo todo, circunstância que viabiliza a adoção da VPN por empresas de qualquer segmento ou porte.

Consequentemente, os negócios se tornaram mais dinâmicos e os seus colaboradores têm a possibilidade de trabalhar remotamente, pois podem se conectar à infraestrutura interna da empresa mesmo quando estão longe.

Segurança

Outro grande trunfo das VPN é permitir o tráfego de dados pela internet de forma segura, oferecendo proteção extra às informações confidenciais e sensíveis.

Por meio dos algoritmos criptográficos, os dados transmitidos pela rede são autenticados e, portanto, não adulterados. Depois da cifragem, as informações são encaminhadas para os destinatários através dos protocolos de tunelamento.

E você sabe que investir em segurança é essencial para garantir a continuidade do seu negócio. Afinal, de nada adianta ter uma infraestrutura operacional bem equipada, se os seus dados forem indevidamente expostos indevidamente aos seus clientes e até mesmo a potenciais aproveitadores. Pense nisso.

Túneis

O IPSec possui uma série de protocolos para túneis seguros de redes de intranet e de internet. Trata-se de um mecanismo que permite que as informações trafeguem pelo gateway e sejam criptografados antes de chegarem aos hosts destinatários ou sejam decifrados antes de serem baixados.

Compreender o funcionamento dos algoritmos de tunelamento é interessante para a segurança das informações da sua empresa. E é sempre válido relembrar que os vazamentos de dados podem causar prejuízos irreparáveis para o seu negócio.

Mascaramento de IP

Dependendo do país (ou países) onde estão os seus clientes, pode ser necessário mascarar os IP da sua rede interna a fim de evitar problemas com os governos locais. Para isso, são utilizados os algoritmos Masquerade de IP.

Isso permite a troca do seu endereço pelos endereços do provedor de VPN, de modo que os seus clientes possam acessar sem obstáculos os produtos e serviços do seu negócio.

Bem. Aqui está a explicação sobre o que é VPN e sobre suas principais funcionalidades. Gostou do artigo? Então, que tal nos seguir nas redes sociais — estamos no Facebook, no LinkedIn e no YouTube — e ficar sempre por dentro das novidades de telecomunicações.

Serviços de telefonia: a importância de um bom pós-atendimento

A fidelização de clientes é uma das estratégias mais utilizadas atualmente para que haja consumo recorrente nas empresas. No caso dos serviços de telefonia, garantir a satisfação do cliente é primordial para que ele se mantenha fiel à determinada companhia.

Mais do que um diferencial competitivo, um bom pós-atendimento é sinal de respeito ao consumidor. Ao realizar ações para estreitar as relações entre empresa e cliente, mesmo depois da venda dos serviços, é fundamental criar um relacionamento que beneficie ambas as partes.

Isso mostra que a empresa se preocupa com a experiência de consumo do seu cliente e preza pela qualidade de seus serviços. Com a rotina corrida dos dias de hoje, as pessoas têm muitas atividades a serem realizadas e decisões a serem tomadas. Assim, ser atendido com atenção e rapidez é um fator importante.

Para mostrar essa nova realidade, separamos três vantagens de um bom pós-atendimento. Confira!

Confirma as expectativas do cliente

Após adquirir os serviços de telefonia, o cliente espera ter as suas expectativas supridas. Caso tenha algum feedback para dar ou precise de informações específicas sobre o uso do produto comprado em primeira mão, ele entrará em contato com a empresa.

Agora, imagine se a companhia se antecipa e estabelece contato previamente? Dessa forma, fica clara a intenção da empresa de se mostrar disponível e suprir da melhor maneira as necessidades existentes. Isso só reforça a teoria de que manter clientes é mais vantajoso do que atrair novos.

Antecipa a resolução de problemas

Mesmo sem o cliente solicitar, a empresa que investe na antecipação de possíveis problemas já está saindo em disparado. Isso pode ser feito ao oferecer algum acréscimo no plano ou ao dar alguma ideia de qual o melhor produto com base no relatório de uso, por exemplo.

Mesmo depois que os serviços já estiverem estabelecidos e em pleno funcionamento, ligações periódicas para verificar se está tudo certo, se é necessário o repasse de alguma informação, ou apenas para confirmar as expectativas com relação à empresa são formas de trabalhar no pós-atendimento e antecipar a resolução de problemas.

Melhora os serviços com base no feedback do cliente

Ouvir é a melhor maneira de crescer e, ao dar ouvidos a quem realmente faz uso dos serviços de telefonia, a empresa só tem a ganhar. Para que haja o aprimoramento constante gerado por meio das críticas dos clientes, é muito vantajoso disponibilizar canais de comunicação que facilitem o contato do consumidor com a empresa.

Uma marca que dá o poder de voz ao cliente realmente se preocupa em prestar o melhor serviço. A empatia — capacidade de compreensão emocional que resulta em maior identificação entre as partes — precisa ser utilizada nas relações atuais.  Vender por vender já não faz mais sentido.

Resolver problemas, na maioria das vezes, pode gerar muito desgaste e consumir muito tempo do dia. Por isso, sempre opte por empresas de serviços de telefonia que tenham um atendimento respeitoso e eficiente, dando preferência às que possuem um bom pós-atendimento.

A Ecotelecom, empresa que tem qualidade e experiência nesse ramo de atuação, oferece tudo isso. Conheça nossos diferenciais. Até a próxima!

Afinal, o que é PABX e como ele se difere do PABX IP?

A realização das atividades cotidianas de uma empresa depende, fundamentalmente, de uma boa comunicação. Falhas nesse setor prejudicam o desempenho do negócio, gerando, inclusive, resultados ruins. Para que isso não aconteça na sua empresa, é importante que você saiba o que é PABX e como ele pode melhorar a comunicação com colaboradores e parceiros.

Essa central conectada a uma operadora de telefonia em linha direta funciona, basicamente, como um telefone residencial comum. A grande diferença fica por conta da possibilidade de conexão com linhas internas — os chamados ramais.

Além disso, o PABX permite atendimentos simultâneos sem a necessidade de diferentes linhas. Mas existem algumas maneiras de se conseguir isso. Tudo vai depender do tipo de central. O PABX IP, por exemplo, conta com recursos específicos, como os ramais virtuais.

Ficou em dúvida se sua empresa precisa de um PABX ou de um PABX IP? Então, siga a leitura do post e descubra as diferenças entre eles.

O que é PABX?

O PABX — analógico ou digital — recebe linhas convencionais por meio de operadoras de telefonia fixa. Entre suas funções estão:

  • controle das chamadas externas e internas;

  • identificador de chamadas;

  • chamadas em espera;

  • permissões de chamadas diferentes para cada ramal;

  • reuniões feitas pelo telefone;

  • bloqueio de chamadas a cobrar.

Além dessas funções, o PABX digital conta com recursos mais modernos, que eliminam ruídos e melhoram a qualidade das ligações, por exemplo. Ele também permite a discagem direta para ramal (DDR) e a conexão a linhas fixas.

Como o PABX se difere do PABX IP?

O PABX IP — também conhecido como PABX virtual — conta com muitos outros recursos disponíveis. Isso porque ele funciona a partir de uma rede unificada em uma interface, como um provedor.

Ele é configurado por meio do browser de internet. Trata-se, portanto, de uma solução baseada na nuvem, o que possibilita o acesso a partir de qualquer lugar. Sendo assim, sua instalação acaba sendo muito mais rápida e seu uso mais simples, podendo, ainda, ser customizado de acordo com as necessidades da empresa.

Confira algumas outras diferenças entre esses dois tipos de PABX.

Gravação de chamadas

No PABX, esse recurso é disponibilizado somente com o auxílio de equipamentos externos e, mesmo assim, há um limite na quantidade de linhas e ramais que terão acesso ao gravador.

Já no PABX IP, a gravação de chamadas é um recurso nativo, que pode ser configurado e acessado de maneira simples.

Acesso a ramal remoto

A capacidade ilimitada de ramais é outra diferença do PABX IP. O PABX, tanto o analógico quanto o digital, não conta com essa possibilidade. Além disso, como o PABX IP é virtual, podem ser configurados ramais remotos, o que permite que as equipes de diversas filiais realizem chamadas gratuitas.

Outra grande vantagem do PABX IP — que a estrutura clássica do PABX não permite — é que um vendedor que está na rua, por exemplo, pode receber chamadas de sua central. Para isso, basta interligar seu smartphone por meio de um aplicativo.

Integração com CRM/ERP

Com o PABX IP ainda é possível consultar ou encaminhar informações para softwares externos, como CRM (Customer Relationship Management) ou ERP (Enterprise Resource Planning), integrando e automatizando processos, rotinas e cadastros já existentes.

Essa função é pouco utilizada no PABX analógico ou digital, já que as integrações disponibilizadas são proprietárias, limitadas e não podem ser customizadas.

Enfim, existem diferentes tipos de PABX, cada um com suas características, mas sempre com o objetivo de organizar e melhorar a comunicação da empresa.

Agora que você já sabe o que é PABX e como ele se difere do PABX IP, fica mais fácil descobrir qual se adapta melhor às suas necessidades. Quer saber mais sobre o assunto? Então, siga nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as novidades!

Por que contar com uma central telefônica em sua empresa?

A central telefônica tem como finalidade facilitar a comunicação a partir de um mesmo ramal. Dessa forma, é possível receber e efetuar chamadas externas e internas, realizar videoconferências ou áudio e enviar informações.

Em outras palavras, ter uma central telefônica moderna na empresa é fundamental para aprimorar os serviços do seu negócio, conferindo maior dinamismo e otimização ao ambiente.

Os benefícios oferecidos pela central telefônica são reais, tanto que milhares de empresas brasileiras têm optado por ela. Graças ao seu desempenho satisfatório — que se reflete em uma melhor comunicação externa e interna, maiores índices de produtividade e maior satisfação — tanto clientes como colaboradores se sentem satisfeitos. Então, veremos aqui alguns desses benefícios! Boa leitura:

Eficiência no atendimento

Apesar da utilização de várias tecnologias, como Skype, mídias sociais e chatbots, os clientes continuam preferindo o atendimento por telefone. Isso porque o atendimento realizado por redes sociais, por exemplo, ainda não oferece uma resposta imediata, deixando, muitas vezes, o cliente insatisfeito.

Isso já não acontece com o atendimento telefônico, que traz a eficiência e a resposta rápida que os clientes tanto esperam. Assim, eles podem se comunicar com a empresa em qualquer lugar, sem a necessidade de estarem conectados à internet.

Utilizar uma central telefônica, portanto, permite que o atendimento se torne mais eficiente, pois é possível solucionar o problema do consumidor de maneira ágil. Além disso, o contato tende a ser mais pessoal, o que passa segurança ao cliente.

Redução dos custos da empresa

A principal vantagem de um sistema de telefonia é que a tecnologia permite à empresa reduzir os seus custos sem perder qualidade nos seus serviços.

A função básica do telefone é diminuir a distância entre as pessoas. Imagine o quanto seria perda de tempo se os funcionários da empresa tivessem sempre que se comunicar deslocando-se entre os setores? Seria um trabalho totalmente improdutivo, concorda?

Pois uma central telefônica garante que a comunicação do seu negócio ocorra de maneira mais rápida internamente, tornando os colaboradores cada vez mais produtivos.

Quanto ao atendimento ao cliente, por meio da central, o gestor vai economizar eliminando pontos físicos utilizados para resolver problemas dos consumidores, o que traz maior lucro para a empresa.

Organização e qualidade das informações

De fato, qualquer negócio fica mais organizado quando cada setor tem o seu próprio ramal — tanto em relação ao aspecto interno quanto em relação às ligações recebidas de fornecedores e clientes, que podem cair direto no setor do assunto desejado.

Além disso, é claro, uma ligação pela central vai enviar a mensagem de maneira clara e sem erros de transmissão. Afinal, o sistema funciona perfeitamente e sem interferências, que poderiam ser prejudiciais para a qualidade do serviço como, por exemplo, falha no sinal.

Ligações internas

Uma central bem dimensionada permite a transferência entre ramais interligados. E, como se trata de linhas conectadas por meio de uma central, as chamadas internas não vão gerar custos à empresa.

Isso faz com que a expansão da comunicação interna seja facilitada, proporcionando aos profissionais a possibilidade de se comunicar com pessoas de outros departamentos sem dificuldades, além de resolver problemas relacionados às suas funções com uma simples ligação.

No caso das grandes empresas, a vantagem é ainda maior, pois se torna mais viável fazer o contato por telefone em vez de ter que se deslocar de um posto de trabalho até o departamento do outro funcionário. Isso melhora o gerenciamento do tempo, aumentando a produtividade e a interatividade de pessoas e de equipes.

Enfim, o que empreendedores e gestores precisam entender é que, para criar um diferencial competitivo, é preciso investir em uma central telefônica que ofereça todas as funcionalidades que uma organização precisa. Assim, como vimos, os colaboradores poderão fazer seus trabalhos da melhor forma possível, tornando o negócio mais produtivo e com maior sinergia entre os setores.

Então, você curtiu o nosso post de hoje? Aproveite a visita no nosso blog e leia também quais são os 5 motivos para contratar uma consultoria em telefonia empresarial!

Confira 4 benefícios trazidos por uma auditoria em telefonia

A maioria das pessoas, em algum momento, já teve problemas com empresas operadoras de telefonia. Dentre os motivos de reclamação, os casos de cobranças indevidas são os mais frequentes. Isso acontece, principalmente, por causa da ineficiência das operadoras em administrar um alto número de planos, clientes e ligações — o que leva a falhas nos serviços.

Em empresas que têm um gasto razoável com telecomunicações, uma auditoria em telefonia é uma alternativa muito interessante para o negócio, porque o serviço é responsável por verificar se os acordos contratuais com a operadora estão sendo respeitados e tem o intuito de reduzir custos com cobranças indevidas.

Continue lendo este artigo e conheça 4 benefícios que um serviço de auditoria pode oferecer para a sua empresa!

1. Reduz gastos

Com a auditoria, sua empresa terá dados que comprovem — ou não — que os gastos planejados por serviços de telefonia estão sendo cumpridos. Se a empresa possui um alto volume de gasto com telecomunicações, a realização de uma análise minuciosa dos gastos pode comprovar se está sendo pago mais do que é utilizado.

Depois que todos os gastos forem esclarecidos, é possível comparar com o valor cobrado. Essa verificação é necessária porque é bastante comum que aconteçam erros nas cobranças e o valor cobrado acaba sendo maior do que deveria.

2. Proporciona gestão de telecomunicações mais eficiente

Realizar uma auditoria é muito significativo para definir o perfil de consumidor de cada setor e da empresa como um todo. Isso é essencial para gerir os recursos voltados para telecomunicações, o que é muito importante para o seu negócio.

A auditoria possibilita a criação de uma gestão estratégica muito mais eficiente e otimizada, além de utilizar os recursos da forma planejada e sem desperdícios. Com ela ainda é possível escolher os planos e pacotes específicos e personalizados conforme a necessidade de cada setor da empresa.

3. Possibilita novos investimentos

Como já foi visto, um serviço de auditoria estratégico e eficaz garante que a empresa trabalhe com tecnologia com menos recursos e com mais qualidade. Sendo assim, toda essa economia pode ser investida em outros setores ou em tecnologias diversas que podem otimizar ainda mais outras áreas.

Ter dados sobre o perfil de uso de telefonia na empresa possibilita o gestor avaliar a viabilidade de um possível investimento em tecnologias como Voip ou até videoconferência, por exemplo.

4. Oferece automatização

Com todos esses benefícios, a auditoria pode ser uma tarefa bastante complicada. Por esse motivo, existem empresas que oferecem serviços para auditar as despesas de forma mais automatizada. Isso pode ser interessante, principalmente, se a sua empresa possui várias linhas que são utilizadas ao mesmo tempo.

Por esse motivo, sua empresa pode se beneficiar de alternativas para automatizar essa atividade com a utilização, por exemplo, de um software de gestão que verifica o que foi utilizado pela empresa, identifica onde está gastando além do necessário e ainda indica um plano ideal.

Todos esses benefícios mostram como é importante ter uma boa gestão de telecomunicações na empresa. Além disso, a auditoria em telefonia possibilita a verificação da viabilidade em investimentos em outras tecnologias que podem beneficiar a empresa.

Agora que você já descobriu os benefícios da auditoria, descubra onde reclamar sobre os problemas nos serviços de telefonia.

Atendimento eletrônico e URA: como evitar 4 erros comuns

O atendimento eletrônico por meio das URAs é como uma porta de entrada do seu negócio, pois elas são, cada vez mais, um elemento estratégico na oferta de serviços ao consumidor. Quando o serviço é planejado de maneira correta, o sistema de autoatendimento encaminha as chamadas para o melhor agente, poupando dinheiro e tempo e tornando o atendimento mais amigável.

Mas, afinal, o que são as URAs? São unidades de resposta audível – um importante meio de comunicação entre a empresa e o cliente em que, por meio de um menu de opções, este escolhe o setor que precisa falar ou a opção de serviço desejada e, ao discar a opção numérica, é automaticamente redirecionado para o atendente responsável por sanar tal necessidade.

Mas, quando a operação não é bem planejada, pode acarretar sérios prejuízos, como a perda de clientes. Por isso, preparamos este post com 4 erros que devem ser evitados em uma URA. Confira e garanta o sucesso da sua empresa! Boa leitura!

1. Não pensar como o cliente

Um grande problema ocorre quando os serviços da unidade de resposta audível e o diálogo em torno das metas da empresa são estruturados sem levar em consideração as necessidades dos clientes.

O que mais se vê são menus planejados com base nos objetivos de negócio da organização como, por exemplo, opções que seriam chamativas no relatório para um determinado diretor ou para onde rotear um cliente e que, na maioria das vezes, não oferecem soluções rápidas e simples para estes.

O resultado de uma estratégia assim é uma oferta de pouca utilidade, interlocutores incapazes de ajudar a si mesmos ou se conectar com o agente certo e uma navegação confusa. O ideal é que se mapeie como as chamadas devem ser roteadas internamente para, então, construir o diálogo com o interlocutor a fim de suprir suas necessidades.

2. Não utilizar a linguagem adequada

Hoje todos desejam que o atendimento eletrônico por meio das URAs tenha personalidade e que reflita os valores da organização, o que é ótimo! Mas não se pode esquecer de tomar como base as necessidades e o vocabulário dos clientes.

Então, é fundamental evitar o uso de termos internos, expressões em outros idiomas, códigos, jargões etc. Mantenha uma comunicação com o cliente na linguagem que ele desejar. No entanto, deve-se evitar usar som de teclado e gírias, por exemplo. É preciso ter cuidado para que não se extrapole o limite do bom senso.

Para que a sua oferta de autoatendimento seja eficiente, lembre-se de que o interlocutor precisa identificar o que procura, de maneira clara, e que as suas necessidades sejam atendidas.

3. Não oferecer soluções

Como premissa, é indispensável que o sistema de URA organize todas as soluções e informações de que o interlocutor precisa. Mas a concentração e a memória auditiva dos interlocutores são limitadas e se esgotam caso sejam oferecidas mais que cinco opções de uma só vez.

Assim, quando se supera esse número, o efeito direto será exatamente o oposto do que se deseja. O interlocutor ficará frustrado e cansado com o atendimento automático, levando-o a buscar uma maneira de sair dali logo. Então, saiba que eles procuram resolver seus próprios problemas, logo, dificultar a tarefa vai fazer com que eles a abandonem.

4. Não priorizar informações importantes

Quais são os reais motivos que levam os interlocutores a ligarem para a central de atendimento? Se você não tem essas respostas, pare tudo e corra atrás para descobrir. Elas devem ser as primeiras opções de sua URA. Isso vai tornar o caminho bem mais curto, fácil e rápido para os interlocutores.

Muitas empresas, atualmente, acabam dificultando o atendimento por meio das unidades de resposta audível, impossibilitando, por exemplo, que o cliente se comunique diretamente com um atendente, mantendo-o preso às gravações.

Em casos assim, é inevitável que todos os benefícios sejam esquecidos, passando a ferramenta a ser vista como um grande obstáculo na vida do cliente. Então, invista em um atendimento eletrônico com responsabilidade e o compromisso de agradar aos clientes.

Gostou deste post? Então, siga a nossa página no Fabebook e acompanhe todas as nossas atualizações por lá!

Conheça 4 dicas para deixar o roaming de dados mais acessível

Quantas vezes você já utilizou seu celular hoje? Pode ser uma ligação, acessar suas redes sociais, ver sua caixa de entrada do e-mail, fazer o download de uma apresentação ou enviar o relatório do último mês para sua equipe. Se você não estiver em seu escritório, pode fazer tudo isso utilizando o roaming de dados.

Esse conceito é próprio da telefonia móvel. Ele diz respeito à capacidade de envio e recebimento de dados por meio das redes móveis, quando você está fora do alcance que a sua operadora oferece. Isso é feito por meio de um acordo de roaming que as operadoras fazem entre si.

Para facilitar o entendimento: imagine que você tem seu celular com código (11) da cidade de São Paulo, mas vai viajar para Recife que tem o código (81). O roaming de dados vai passar a ser utilizado assim que a área mudar.

Você pode até não usar muito — ou pensar que não usa, por desconhecer —, mas uma hora ou outra você ou alguém da sua equipe precisará fazer qualquer uma das ações que mencionamos lá em cima. Então, confira as funcionalidades do roaming de dados e 4 dicas de como economizar, se precisar utilizá-lo.

Funcionalidades do roaming de dados

Sua rotina pode exigir uso constante da tecnologia para a realização das suas atividades. Com o roaming de dados é possível utilizar a internet do seu celular em outros estados ou países, mesmo que a sua operadora não tenha cobertura no local. Isso ocorre por causa do acordo entre empresas de telecomunicações.

O roaming de dados permite que você realize qualquer ação que faria se estivesse em um ambiente com acesso à internet. Baixar ou enviar arquivos, fazer ligações de curta ou longa distância, acessar qualquer página na internet e assistir a vídeos são as principais funcionalidades.

4 dicas de como tornar o roaming de dados mais acessível

Economizar dinheiro sempre é uma boa escolha. Por mais que a opção dos dados móveis pareça ser a mais apropriada para determinadas ocasiões, saber como otimizar o uso é a chave para não ser surpreendido. Veja como!

1. Confira com antecedência os pacotes de roaming de dados disponibilizados pelas operadoras

Verifique com as operadoras como funcionam e quais são os custos dos planos de roaming de dados. Compare-os entre si e escolha um que seja adequado à realidade do seu negócio. Normalmente, a cobrança é feita separadamente na fatura de quem possui plano pós-pago.

Então, é importante verificar, previamente, os preços e a quantidade de tempo cobrados, a fim de planejar os gastos a mais na conta e realizar os alinhamentos necessários.

2. Dê permissão de uso somente aos colaboradores que viajam pela empresa

Conscientize-os sobre desativar o roaming quando não estiverem usando. Algumas atividades, como sincronização automática e fechamento correto de aplicativos, também interferem diretamente no uso de roaming de dados. Você pode ainda planejar se é mais válido sugerir a compra de um chip pré-pago local, caso o tempo de permanência do profissional for muito extenso.

3. Utilize wi-fi

Pense se as tarefas podem aguardar até que um computador ou o acesso à rede wi-fi estejam disponíveis. Essa espera pode ser útil para baixar ou enviar arquivos pesados, que consumiriam muitos dados que não serão utilizados prontamente. Veja se vale mais a pena pagar para utilizar o wi-fi em um cyber café, cafeteria ou hotel. Mesmo tendo esse gasto, se for adquirido com um pacote pelos dias utilizados, possivelmente ele saia mais em conta do que o pagamento do uso de roaming.

4. Use um software que faça o gerenciamento da utilização do roaming de dados

Esses sistemas indicam em quanto está o uso de dados e qual é a melhor opção para os seus usuários. Dessa forma, será possível gerenciar melhor essa utilização. Dependendo do sistema, existem aplicativos que podem ser instalados gratuitamente no celular para enviar alertas de como está o uso da internet móvel, wi-fi e roaming.

Essas dicas para deixar o roaming de dados mais acessível são para que você não tenha problemas com o valor da fatura ao recebê-la ou fique sem acesso à internet porque seu pacote de dados terminou.

Gostou do nosso conteúdo? Então não pare por aqui e descubra também se fazer a portabilidade do celular é uma opção vantajosa

Conheça as vantagens da mobilidade corporativa para o seu negócio!

Com o crescimento acelerado do uso de dispositivos móveis, fica claro que as pessoas estão deixando de lado os computadores de mesa e optando pela praticidade e conveniência dos smartphones e tablets.

Além disso, é por meio do constante desenvolvimento e evolução de tecnologias  como a nuvem e aplicativos capazes de integrar pessoas em tempo real  que as empresas estão aproveitando para automatizar processos e aumentar a produtividade por meio da mobilidade corporativa. 

Em resumo, a mobilidade corporativa trata da inserção e desenvolvimento de tecnologias móveis no ambiente de trabalho. Um exemplo bastante específico está na computação em nuvem, que permite o compartilhamento e acesso de dados a distância.

Continue a leitura e descubra as vantagens dessa solução para o seu negócio!

Comunicação melhorada

Quando os seus colaboradores utilizam meios de comunicação mais familiares para eles, como redes sociais e aplicativos de mensagens, a conversa é mais fluida e a chance de haver interpretação errada da mensagem transmitida é menor.

Nesse sentido, a mobilidade corporativa favorece o acontecimento de conversas, reuniões e várias outras atividades da empresa por telefone sem precisar, na maioria dos casos, de um encontro físico.

Possibilidade de uso da nuvem

A flexibilidade e agilidade oferecidas pela computação em nuvem são bastante fortes. Isso ocorre pela facilidade em acessar arquivos e programas que não estão diretamente ligados ao computador, smartphone ou tablet do usuário. Para isso, basta apenas ter conexão com a internet!

Por esse motivo, o uso da computação em nuvem é uma ótima maneira de facilitar o cotidiano da empresa, trazendo agilidade, flexibilidade, portabilidade e economia.

Diminuição de custos

A mobilidade corporativa é uma grande aliada das empresas, sobretudo na diminuição de custos. Ela proporciona redução de gastos com infraestrutura, contenção de despesas e menores investimentos em hardwares e licenças de softwares.

Isso acontece, por exemplo, pelo fato de uma empresa com mobilidade corporativa não precisar custear uma estrutura física fixa para os colaboradores e também por possibilitar o trabalho pelo dispositivo móvel, que diminui gastos com equipamentos de hardware.

Otimização do tempo

A mobilidade oferece uma enorme velocidade de transmissão de informações, o que certamente otimiza o tempo em uma empresa. Além disso, essa estratégia possibilita maior controle geral acerca da jornada de trabalho, otimizando tarefas e facilitando a tomada de decisões. Isso é possibilitado, sobretudo, pelo fato de poder armazenar dados importantes e relatórios em um mesmo lugar.

Maior segurança e acessibilidade

A segurança e acessibilidade das informações são importantes fatores que acompanham a mobilidade corporativa. Isso ocorre pelo fato de os dados não estarem dispostos de forma física, mas sim, digitalmente.

Isso é interessante, por exemplo, para um vendedor em campo que precisa dos dados de um determinado cliente e, como esses arquivos podem ser acessados pelo celular, ele não terá necessidade de se deslocar até a sede da empresa para buscar as informações.

Dessa forma, a mobilidade corporativa possibilita maior segurança e desburocratização do acesso à informação em uma empresa. Em resumo, é possível perceber que a implementação dessa estratégia traz inúmeros benefícios.

Gostou do artigo? Não esqueça de nos seguir no Facebook, LinkedIn e YouTube para não perder nenhum conteúdo de valor para o seu negócio!

Confira 7 dicas para otimizar a gestão de telefonia em sua empresa

Gerenciar e administrar as cobranças telefônicas que se encontram irregulares de uma casa é muito mais fácil, não é mesmo? Isso acontece porque o telefone residencial não é muito utilizado. Porém, para grandes empresas, quando os responsáveis por TI não conseguem fazer toda a verificação na telefonia, e quando há contas com débitos bem consideráveis, certamente esse trabalho fica bem mais complicado, sendo necessária uma gestão de telefonia. 

Uma boa gestão de telefonia vai muito além da verificação de contas, uma vez que é preciso entrar em contato com as operadoras a fim de verificar os gastos, fluxos e investimentos em cada processo.

Já imaginou ter as contas de telefone da sua empresa controladas e reduzidas, sabendo exatamente com o que você está gastando erroneamente e podendo fazer uma grande economia? A seguir apresentaremos algumas dicas sobre o que você deve fazer para isso. Continue a leitura!

1. Mapeie os gastos

Inicialmente, é preciso fazer uma coleta de dados. Afinal, para ter uma gestão de telefonia eficiente é indispensável que se comece pela identificação, análise e organização de todos os contratos, e das faturas de telefonia móvel e fixa, além dos pagamentos que foram feitos pelos clientes para os fornecedores de telecomunicações.

Nesse momento, um processo de organização é iniciado para que a empresa tenha informação de maneira organizada, centralizada e rápida, recebendo dados concretos para que futuros projetos sejam realizados com redução dos custos de telefonia empresarial.

2. Faça uma análise dos pagamentos

Nesta etapa, é preciso fazer a gestão do ciclo de vida de todos os contratos. Isto é, cadastrar, analisar e monitorar os contratos de telefonia móvel, fixa e de dados, durante todo o seu período de vigência, além, é claro, do acompanhamento dos Service Level Agreement (SLAs), que significa, em português, Acordo de Nível de Serviço (ANS) para garantia dos serviços.

É necessário também realizar a gestão e auditoria das faturas, com cadastro, análise, gestão do workflow e monitoramento.

As irregularidades podem ser contestadas junto às operadoras de telefonia, por meio de uma auditoria retroativa, buscando o ressarcimento dos valores que foram pagos indevidamente e/ou que se encontram em desacordo com o que foi contratado.

Vale lembrar que, no momento do contrato, as operadoras oferecem diversos tipos de planos aos clientes, apropriados para cada necessidade. No caso de clientes corporativos, é possível negociar tarifas e especificidades dos serviços prestados.

É importante que a empresa se atente para o fim do prazo do contrato, uma vez que é esse o momento ideal para avaliar a renovação com condições favoráveis para a organização. Muitas empresas acabam perdendo a oportunidade de conseguir serviços e preços melhores nessa negociação.

3. Faça um levantamento do perfil da empresa

Após ter feito a análise dos contratos e dos pagamentos, é hora de levantar, identificar e analisar todo o perfil de consumo e de utilização da telefonia da empresa. Fazendo a adequação do perfil e verificando as reais necessidades da organização é possível reduzir custos de Telecom de maneira contínua.

4. Analise e compare as condições contratuais

Pode ser decepcionante, mas é preciso ressaltar que algumas empresas não respeitam o que foi firmado no contrato, fazendo cobranças indevidas aos clientes, ou até mesmo inserindo serviços que não foram acordados. Com o auxílio de uma empresa de gestão, voltada para a telefonia, pode ser cumprido um diagnóstico preciso da situação.

Com um acompanhamento das faturas, é possível perceber em que situações os erros costumam acontecer. Assim, poderá solicitar às operadoras, revisões dos valores cobrados.

Se o que for verificado uma ofensa ao que diz o Código de Defesa do Consumidor, há a possibilidade de ser ressarcido pelo provedor. Tendo todas essas informações, pode-se tentar uma composição de forma amigável ou, então, extrajudicial. Caso contrário, o processo no Judiciário pode se estender por alguns meses.

5. Promova informação e conscientização

É extremamente importante que a empresa informe todos os usuários a respeito da implementação de uma gestão de telefonia para reduzir gastos. A conscientização, quando estimulada de forma certa, ajuda a evitar desperdícios e, ainda, cria uma sensação de união e de pertencimento.

Desenvolver uma política de uso (incluindo boas práticas e regras) com limites definidos para cada funcionário e/ou setor, bem como sugestões de ferramentas para cada necessidade, são essenciais no gerenciamento dos custos com telefonia de maneira eficaz.

Um bom exemplo é disponibilizar o acesso à gravação das chamadas como um ativo da empresa para o uso do profissional ou relatórios de ligações. Dessa forma, as práticas inadequadas são inibidas sem a necessidade de uma vigilância, mas sim por meio de estímulos à conscientização.

6. Oriente adequadamente seus colaboradores

As boas práticas para o uso do telefone na empresa são muito relevantes. Com a evolução dos aparelhos celulares, é possível ter uma otimização da conta telefônica por meio do uso dos dispositivos móveis, que contam com serviços de dados e de voz.

Os colaboradores devem ser bem orientados, com informações que habilitem a utilização das novas funções tecnológicas, ou com treinamentos. Fazer uso das novas tecnologias pode ajudar significativamente na expansão de operações dentro da sua empresa.

Também é fundamental esclarecer aos profissionais sobre as ligações pessoais. Eles precisam estar cientes de que o aparelho que a empresa fornece não vai comportar essa possibilidade ou, então, se as chamadas particulares vão ser descontadas nas folhas de pagamento.

7. Contrate uma empresa de consultoria em telefonia 

Agora você deve estar pensando: como fazer todos esses processos na minha empresa? Para que você tenha uma grande economia nos custos mensais, a opção mais indicada é contratar uma empresa especialista em gestão de telefonia.

O objetivo de uma empresa que faz esse serviço é contribuir para o sucesso dos clientes, oferecendo uma gestão eficiente, detalhada e simples dos gastos com Telecom, e a partir disso, analisar falhas no sistema de maneira segura, rentável e benéfica para a organização.

Esperamos que você tenha entendido como funciona uma gestão de telefonia eficaz, reduzindo de forma significativa os seus gastos em telefonia empresarial.

E aí, ficou interessado e quer fazer uma boa gestão de telefonia na sua empresa? Então entre em contato conosco agora mesmo e entenda melhor sobre como podemos lhe ajudar!

Planos de internet: conheça os principais erros ao contratar!

Você já teve a impressão de que gasta mais tempo tentando resolver problemas com um fornecedor do que levou para adquirir o serviço dele? A verdade é que esse “teste de resistência” também é feito para você desistir de tentar qualquer mudança. E quantos casos de problemas com planos de internet você já não ouviu ou até viveu?

Ficar horas a fio sendo passado de um atendente ao outro, anotar diversos protocolos e repetir a mesma história. Resolver casos assim pode até ser necessário, faz parte de alguns dias de um gestor. Mas perder tempo e não conseguir resultados positivos gera muitos prejuízos.

Dentre os principais erros ao contratar planos de internet, os mais comuns são sobre a não leitura completa do contrato de prestação de serviços, a análise isolada do preço a ser pago e o conhecimento superficial das necessidades que precisam ser supridas.

Por isso, separamos 4 dicas dos cuidados que você precisa tomar ao contratar planos de internet e evitar ter dor de cabeça no dia a dia. Confere só!

Identifique a necessidade real da sua empresa

Mapeie todas as informações necessárias para decidir qual seria o pacote ideal a ser implementado. Leve em consideração qual o tamanho da sua empresa, quantos funcionários fazem uso direto da internet em suas atividades e se os planos de internet devem ser adquiridos juntos ao de telefonia.

Defina qual o melhor pacote de velocidade e volume de dados dos planos de internet

A depender das necessidades que você listou acima, o próximo passo é definir um pacote que tenha uma boa cobertura, tanto de velocidade como de volume de dados disponíveis na sua região. Lembre-se que existem regiões com melhor receptividade e que cada companhia opera de uma forma. Faça testes de velocidade para verificar como é a frequência na sua localidade. Os pacotes existentes mais utilizados por entes jurídicos variam de 5MB a 100MB.

Leia o contrato de prestação de serviços

Muitos desconhecem essa opção e confirmam tudo por telefone, naquela ligação rápida para adquirir um serviço. Porém, ao concordar com os termos informados por ligação você está automaticamente ciente dos trâmites. Como os planos de internet têm um prazo de fidelidade, não deixe de pedir para que te enviem o contrato por e-mail antes de tomar uma decisão. Junto aos materiais publicitários e números de protocolos, eles podem te resguardar de qualquer problema futuro.

Contrate quem te oferece um suporte pré e pós-compra

O atendimento de qualidade é fundamental para a permanência de um cliente, e ele precisa se fazer presente antes e depois da venda. Opte por planos de internet oferecidos por empresas que te proporcionam fácil acesso para melhoria contínua e possíveis resoluções de problemas. Dessa forma, suas escolhas são guiadas às decisões que dão maior retorno.

O processo correto da própria escolha de internet pode ser demorado. Mas lembre-se que esse tempo inicial proporcionará menor gasto dele no futuro. Existem empresas no mercado que já dominam essa técnica e podem te auxiliar na definição dos melhores planos de internet. Por que não optar por uma empresa que faça uma consultoria, e que leva em consideração os cuidados que levantamos acima, e te guie para a melhor escolha?

Observar os diferenciais de mercado das empresas é uma forma efetiva de reconhecer os destaques delas. Além disso, pesquise quais clientes elas já atendem e qual o seu histórico no mercado. Até breve!

Como unificar serviços de telecomunicação da sua empresa?

Quer deixar sua equipe livre para se concentrar no seu core business e realizar as estratégias de crescimento da sua organização? Então considere a possibilidade de terceirizar e unificar o gerenciamento dos serviços de telecomunicação da sua empresa.

Nada melhor do que contar com uma consultoria especializada para se responsabilizar pelos serviços de internet, telefonia e PABX de forma unificada, melhorar os controles e o desempenho das comunicações de voz e dados da sua organização.

Quer saber como unificar os serviços de telecomunicação da sua empresa? Então, siga em frente na leitura, pois vamos direto ao ponto.  

Rota para unificar os serviços de telecomunicação

Percorra a seguinte trilha para unificar os serviços de telecomunicação da sua organização:

  1. pesquise empresas de consultoria especializada em Telecom e compare os serviços oferecidos e os custos;

  2. busque referências comerciais e financeiras delas;

  3. levante a situação das empresas nas esferas tributária, fiscal e trabalhista;

  4. verifique quais são seus parceiros de Telecom e se eles dominam tecnologia de ponta;

  5. avalie as qualificações e certificações técnicas da equipe de consultoria;

  6. contrate aquela que ofereça o melhor custo-benefício.

Esses fatores tornam o prestador de serviços credenciado um gerador de valor para o seu negócio no processo de unificação dos serviços de telecomunicação. Conheça as principais vantagens:

Redução de custos

Unificar os serviços de telecomunicação proporciona economia a longo prazo com manutenção, treinamento e correção de erros, melhora a qualidade das operações e aumenta a produtividade dos processos e pessoas, impactando na redução de custos da sua organização. 

Adequação dos níveis de serviço  

A consultoria especializada vai dimensionar os níveis de serviço de telecomunicações necessários para a sua empresa e adequar os contratos à legislação de telefonia empresarial. Sua organização terá o serviço certo na medida certa. E ainda poderá contar com faturas claras que expõem os volumes de demanda atendidos e os custos apurados para cada modalidade de serviço.

Solução centralizada

Sempre que a sua empresa precisar solucionar um problema em qualquer um dos serviços de telecomunicação, terá um único ponto de contato — a consultoria de Telecom — que vai tomar todas as providências necessárias para restabelecer a normalidade dos processos organizacionais no menor tempo possível, com atendimento personalizado para as necessidades da sua equipe.

Boa cobertura de serviços de voz e dados

Ter uma boa cobertura de serviços de voz e dados de maneira unificada é a melhor solução para evitar perda de receita por queda da internet ou telefonia inoperante, garantir a perfeita integração do público interno e externo da sua organização e obter economia significativa na fatura desses serviços.

Para garantir a durabilidade e níveis ótimos de serviços de telecomunicação e manter a sua empresa alinhada com as melhores tendências do mercado Telecom, sua organização precisa contar com uma consultoria especializada.

A unificação de serviços e gestão de telecomunicação é um investimento valioso que vai proporcionar um salto de qualidade e produtividade dos processos internos e a melhoria da competitividade do seu negócio.

Agora que você já sabe como unificar os serviços de telecomunicação da sua empresa e entende as vantagens de tomar essa decisão, que tal entrar em contato com a nossa empresa? Estamos à disposição para assessorar a sua organização na escolha da melhor solução de Telecom.

 

Como definir o plano de telefonia mais eficiente para o seu negócio?

Cada empresa tem suas necessidades e características diferentes no momento de contratar um plano de telefonia. Existem planos adaptados para cada tipo de atividade e muitas ofertas no mercado. O mais importante é que as organizações estejam sempre disponíveis para que os consumidores e fornecedores possam manter contato, com um bom custo-benefício.

Economizar é a palavra que mais se ouve nas empresas atualmente. A crise econômica faz com que os negócios busquem alternativas para cortar as despesas, mantendo a qualidade dos serviços e a eficiência. Por isso, é extremamente relevante verificar como reduzir custos com a telefonia empresarial.

Para tanto, é importante que a empresa faça um diagnóstico sobre suas necessidades de comunicação e pesquise sobre os preços cobrados pelas operadoras. Se você pretende saber como fazer isso da melhor forma possível, continue acompanhando este post e confira algumas medidas para reduzir os gastos com plano de telefonia.

Faça um mapeamento da sua empresa

É fundamental que se determine quantos funcionários precisam usar o telefone em suas tarefas diárias. Fazendo isso, será possível compreender qual vai ser o melhor plano para a sua organização.

Além disso, entenda a abrangência do seu negócio, visto que dependendo da distribuição de atendimento, caso precise fazer ligações para outras localidades de maneira constante, é interessante procurar um plano de telefonia que ofereça pacotes econômicos e especiais para longa distância.

Com essas precauções, as organizações conseguem economizar em dois aspectos: custos com as tarifas e investimentos para a aquisição de aparelhos. Com o propósito de diminuir as despesas, o ideal é que se verifique a necessidade de os profissionais terem um celular corporativo.

Afinal, disponibilizar um telefone para quem não precisa é um grande erro que pode custar muito caro para a empresa. O momento exige muito cuidado para não ter despesas supérfluas.

Clareza na hora de escolher um plano

Tenha total clareza do que a empresa realmente precisa para fazer uma boa contratação. Esse é o item principal que vai evitar 60% dos problemas em sua conta de telefonia. Então como fazer isso?

Primeiro é preciso entender como funciona a sua conta. Saiba quanto é pago, o que paga, o porquê você paga e se faça perguntas, como: Por que contratei esse pacote? Para que serve tal serviço? Ainda preciso dele? Tal oferta é melhor para a empresa ou para mim? Essas são perguntas essenciais para renovar uma negociação ou fazer portabilidade.

Fique de olho nas tarifas

Se a sua empresa faz a maioria dos negócios em uma região metropolitana, é fundamental que se analise qual a melhor tarifa oferecida nas cidades dessa região. Uma ação como essa é importante tanto para os planos de telefonia móvel quanto para fixa.

Porém, é necessário ficar atento também aos valores que são cobrados para as ligações internacionais e interurbanas. Uma avaliação precisa oferecer um excelente serviço a um preço muito mais acessível.

Analise os benefícios do seu novo plano

Lembre-se de, antes de fechar o contrato com uma operadora, fazer esta pergunta a si mesmo: quais os benefícios que vou fechar nesse contrato? Confira algumas vantagens que você deve procurar ter em um plano:

  • melhorias reais: busque melhorias concretas com o novo contrato;
  • procure especialistas: investigue para saber se a empresa que está lhe atendendo realmente é uma especialista no plano de telefonia;
  • economia: a oferta desse novo plano deve ser melhor do que a anterior;
  • pós-vendas: o serviço deve ser ágil e, claro, tem que ter uma ferramenta de gestão e de controle.

Verifique se a empresa é idônea

Faça uma pesquisa a respeito da empresa. Ela tem site na internet? Os clientes da operadora são satisfeitos? Quantos anos ela tem de mercado? Não se esqueça de fazer uma pesquisa no site do Reclame Aqui.

Não há problema em encontrar reclamações no site. No entanto, é preciso confirmar se a empresa se preocupa em responder as dúvidas dos clientes e em atender as suas necessidades. E o suporte que a operadora está oferecendo? Funciona na prática ou fica só na promessa?

É importante se atentar a esses detalhes e, principalmente, pedir uma lista de clientes com contato para consulta. Além disso, peça também uma lista de pessoas na empresa que você pode entrar em contato, caso o consultor não atenda às suas demandas — a chamada escalation list.

Fique atento ao suporte pós-venda e atendimento

Não deixe de prestar atenção aos detalhes, uma vez que tudo aquilo que for dito e prometido pela operadora deve constar no contrato. É a única maneira de garantir que haja uma qualidade no atendimento pós-venda, certo?

Quando for necessário entrar em contato com o suporte da sua operadora, não se esqueça de ter em mãos todas as informações antes de fazer a ligação, pois isso vai agilizar o seu atendimento. E, claro, se não estiver satisfeito com a empresa revendedora da consultoria ou operadora, não deixe de acionar a Anatel. Ela vai ajudar você a dar andamento nos processos.

Escolha a operadora que lhe garanta benefícios

Escolha uma empresa que lhe ofereça benefícios e serviços que agreguem valor a sua contratação. Alguns exemplos são:

  • serviços de garantia dos aparelhos e venda de novos equipamentos;
  • pós-vendas: escolha uma operadora que possibilite a você um software para realizar aberturas de chamadas, assim você vai poder organizar e manter um histórico — esse benefício vai mostrar a credibilidade da empresa;
  • revendedor de smartphones: algumas empresas vendem equipamento e, na maioria das vezes, com um valor menor;
  • assistência técnica: busque uma empresa que tenha assistência autorizada dos aparelhos que você adquiriu;
  • acessórios: comprar acessórios do seu parceiro também vai facilitar;
  • software de gestão das contas: é fundamental para que você faça uma gestão excelente do seu plano corporativo.

O que toda organização deseja é um plano de telefonia empresarial que ofereça oportunidades para que ela sempre seja consultável por seus clientes e fornecedores.

A telefonia empresarial, além de permitir o contato telefônico, vai manter uma comunicação eficiente e segura dentro da organização. Sem falar que todo empreendedor deseja ter segurança para realizar os negócios.

Por isso, não se esqueça de contar com uma consultoria para auxiliar você na contratação de um plano de telefonia adequado para a sua empresa, facilitar o gerenciamento e solucionar as suas dúvidas em relação à telefonia. Essa é uma credibilidade que vai agregar valor para o seu negócio, que preza por um ótimo relacionamento com os seus clientes.

E aí, o que achou deste post? Gostou? Então compartilhe-o em suas redes sociais e permita que seus amigos também possam aprender e escolher o melhor o plano de telefonia!

Aprenda como reduzir o tempo médio de atendimento na sua empresa

Um dos grandes desafios que as organizações enfrentam é o de reduzir o tempo médio de atendimento (TMA). Trata-se de um indicador de desempenho que mensura a qualidade do serviço de telecom de uma empresa.

Uma de suas principais funções é a de determinar um parâmetro para que o atendimento seja eficiente e ágil, ou seja, para que resolva os problemas dos clientes em um curto período de tempo.

O serviço ruim prestado por algumas empresas passa por questões como ausência de autonomia na resolução dos problemas, falta de treinamento dos profissionais, além da falta de investimento em soluções tecnológicas que facilitam o diagnóstico do atendimento, reduzindo o tempo médio e organizando o fluxo de chamadas.

O TMA vai determinar se a sua organização precisa investir em recursos para a sua otimização. Por isso, preparamos este post com algumas medidas que podem auxiliar nesse processo. Confira!

Investir em treinamento ação dos profissionais

É fundamental que haja um constante processo de capacitação dos atendentes, sempre objetivando melhorar e renovar os seus conhecimentos.

Sem dúvidas, esse é um dos pontos mais relevantes a ser trabalhados, já que os profissionais capacitados geralmente se sentem mais seguros no momento de realizar o atendimento.

Assim, vão conseguir finalizar as chamadas sem a necessidade de auxílio de algum supervisor, e é claro, dentro do TMA determinado.

Mantenha os dados cadastrais dos clientes atualizados

Manter a base de dados sempre atualizada é uma ótima forma de otimizar o tempo médio de atendimento. Isso acontece porque os profissionais não precisarão perder tempo para corrigir informações ou até mesmo abrir novos cadastros para os clientes.

Por isso, o ideal é que se estimule os clientes a informar quando houver alguma mudança em seus dados. Outra dica é pedir que confirmem as informações antes de serem atendidos.

Trace metas e avalie a equipe periodicamente

É fato que as pessoas precisam de metas para que sejam estimuladas a darem o seu melhor e garantir bons resultados, certo? Por isso, é imprescindível que se trace metas à equipe e individualmente.

Também é preciso fazer avaliações periódicas com feedback, a fim de mostrar os pontos positivos e os que ainda precisam ser melhorados.

Lembre-se de pedir retorno de cada profissional sobre o serviço prestado, sobre o comportamento do cliente e sobre as ferramentas utilizadas.

Torne as informações mais acessíveis

Não vai adiantar muito treinar os profissionais se eles não puderem contar com uma boa base de informações, concorda? Então, é fundamental que os dados possam ser encontrados de maneira bastante fácil.

Uma base de dados adequada é aquela que permite que os atendentes acessem as informações em poucos cliques. Dessa forma, eles vão reduzir o tempo de manipulação das informações e dar respostas mais eficazes e rápidas aos clientes.

Use uma solução tecnológica para medir o TMA

Assim que for possível determinar qual é o tempo médio de atendimento ideal para os profissionais, a empresa vai poder fazer um parâmetro em um software que faça a medicação de modo automático.

Dessa maneira, quando um atendimento for iniciado, um contador de tempo estará à disposição do atendente e, ao fim do dia, apresentará uma média. Quando se automatiza esse processo, torna-se mais fácil acompanhar o desempenho de cada profissional e da equipe como um todo.

Atender mais rapidamente não pode significar perda na qualidade da atenção ao cliente. Por isso, ao reduzir o tempo médio de atendimento, não deixe de oferecer sempre uma excelente experiência ao consumidor. Apara ajudá-lo mais nisso, leia, também, sobre o que analisar ao contratar uma prestadora de serviços de telefonia.

Quais indicadores de qualidade podem ser usados no setor telecom?

Indicadores de qualidade são um assunto bastante recorrente nas rodas de conversas dos gestores e da alta direção. Os clientes de telecom estão cada vez mais exigentes e qualquer engano pode significar vantagens para a concorrência.

E o que são indicadores de qualidade? Para quê eles servem? Como devem ser utilizados nos serviços de telecom? Essas são as principais perguntas e dúvidas dos gestores.

Indicadores de qualidade são ferramentas de monitoramento e medição utilizadas na avaliação de desempenho das empresas. Trata-se de um instrumento bastante difundido no setor de telefonia.

Eles são valiosos e conseguem demonstrar efetivamente o desempenho das equipes e da organização. Isso porque apoiam os processos decisórios e viabilizam a qualidade na prestação dos serviços de telecom.

Tempo de resolução de problemas, taxa de reclamação e tempo de atendimento das ocorrências são apenas alguns dos indicadores usados pelas empresas de telecomunicações. E aí, ficou interessado em conhecer mais sobre eles? Então, venha com a gente! 

Best Time to Call (BTC)

Trata-se do melhor horário para fazer as chamadas ativas. Nenhum cliente gosta de receber ligações nas horas em que está descansando e as empresas de telecom sabem disso.

O indicador BTC prevê com exatidão quais são os horários mais prováveis de os clientes atenderem às chamadas. Isso aumenta, e muito, as chances de sucesso na venda de produtos e serviços.

Taxa de abandono

Este indicador mostra a porcentagem de clientes que desiste de concluir as ligações ao entrar em contato com o call center. Essa é uma informação significativa que não pode ser descartada pelos gestores de qualidade.

A desistência ocorre na fila de espera da chamada telefônica, antes mesmo de o cliente ser atendido e tem relação direta com os tempos médios de espera. Uma alta taxa de abandono das ligações pode ser um sinal de que a equipe do call center precisa de treinamento.

First Call Resolution (FCR)

O indicador de qualidade FCR mostra o percentual de chamadas no call center onde o cliente conseguiu resolver rapidamente o seu problema. É um indicativo relevante da satisfação dos consumidores do serviço de telefonia.

O FCR consegue avaliar indiretamente o desempenho dos operadores do call center visto que quanto maior a porcentagem desse indicador, melhor a habilidade da equipe em resolver com prontidão as demandas dos clientes. Portanto, quanto maior o FCR da sua empresa, menos reclamações no futuro.

Taxa de contato

Essa taxa mostra a porcentagem de chamadas que um operador atendeu efetivamente. Ao distribuí-las, o supervisor da qualidade deve avaliar quais atendentes estão sobrecarregados e quais são mais aptos para determinados tipos de ligação.

Tempo Médio de Atendimento (TMA)

O TMA computa quanto tempo os operadores gastam para concluir o atendimento aos clientes. Esse indicador registra a quantidade total de minutos das ligações sem levar em conta os intervalos. Trata-se de um indicador capaz de avaliar a eficiência dos agentes do call center.

Cada negócio tem suas particularidades de telefonia e cabe aos gestores mapeá-las. E os indicadores de qualidade são essenciais para o futuro da operação da empresa.  

Gostou deste post? Então, curta a nossa página no Facebook e fique sempre por dentro das novidades.

4 motivos para investir no setor de telecom da sua empresa

O setor de telecom de uma empresa demanda uma boa gestão, uma vez que ela é indispensável para garantir a economia de recursos de qualquer negócio. Logo, esse é um setor bastante atrativo para investimentos. Mas, infelizmente, para várias empresas tal gestão não existe.  

Vale salientar, portanto, que a falta de cuidado com essa área pode representar para os negócios, grandes prejuízos, principalmente, quando a condução de inúmeras atividades depende da internet e do telefone para acontecer. É exatamente aí que mora o problema: cobranças indevidas, contas extremamente altas, planos que não são capazes de atender ao consumo dos funcionários e à demanda de ligações.

Então, para que você não fique fora dessa e melhore cada vez mais os seus processos internos, preparamos este post com os 4 principais motivos para se investir no setor de telecom da sua empresa. Vamos a eles?

1. Otimização da infraestrutura de comunicação da empresa

Em primeiro lugar, é importante destacar que, no Brasil, há uma grande pendência de investimento em infraestrutura de qualquer setor. E em telecomunicações, não acontece diferente.

Mesmo com a melhoria contínua da internet, com toda a modernidade dos smartphones e com o uso cada vez maior de plataformas online nas empresas, ainda há um grande atraso no investimento em infraestrutura quando se compara com os países desenvolvidos.

Tal cultura acaba levando os empresários a nivelar os investimentos para o mais barato possível, sem antes consultar profissionais da área. Um dos grandes erros é economizar demais no começo, mas perder muito com o tempo. Afinal, quanto custa ficar sem um importante ramal funcionando, pois o cabeamento se encontra comprometido? Ou pior, perder clientes devido à péssima qualidade da ligação?

Uma infraestrutura mais atualizada e completa significa contar com todos os recursos de comunicação que estão disponíveis no mercado. Isso inclui a utilização dos melhores equipamentos (hardwares), sistemas (softwares) e demais metodologias e tecnologias aplicáveis.

Dessa forma, é possível dar uma base adequada para oferecer um excelente serviço de atendimento, a criação de estratégias mais dinâmicas de interação com os clientes, uma comunicação interna inteligente etc.

2. Aumento do controle sobre ligações efetuadas

Você já precisou intermediar alguma dificuldade entre um colaborador e um fornecedor ou entre um cliente e um colaborador por falha de comunicação?

Investir no setor de telecom da sua empresa vai possibilitar a você um controle melhor das ligações, podendo então, gravá-las para que seja possível fazer uma consulta nos casos de desentendimentos, por exemplo.

Você também vai poder usar as gravações para treinar os profissionais de atendimento, aplicar feedbacks para melhorar a conduta e ainda medir o desempenho das negociações.

3. Melhoria na tomada de decisão interna

Uma ferramenta bastante valiosa que a empresa pode ter é um banco de dados. Por meio dele, é possível extrair estratégias e informações gerenciais para auxiliar os gestores na tomada de decisão sobre o negócio da melhor forma possível. No entanto, tal benefício só é possível quando se tem um setor de telecom bem estruturado.

As comunicações online e as ligações gravadas geram dados de valor para que os gestores possam identificar oportunidades de melhoria e falhas operacionais por meio de relatórios mais precisos.

4. Geração de valor à marca

Um bom atendimento aliado ao profissionalismo com que a organização se comunica com todos os agentes externos e internos — fornecedores, clientes, comunidade, concorrentes, governo, investidores, etc. — contribui para a construção de uma imagem para o negócio. Assim, quanto melhor for a imagem, maior vai ser o valor agregado à marca da empresa.

Porém, é fundamental deixar claro que essa estratégia só será colocada em prática com sucesso, quando a empresa contar com um setor de telecom completo e que esteja trabalhando de maneira eficiente.

Existem inúmeros outros motivos para se investir no setor de telecom. Aqui estão listados apenas os principais e mais perceptíveis. Então, use essas vantagens a seu favor e permita que o seu negócio se destaque no segmento em que você atua, crescendo de maneira sustentável.

E aí, o que achou deste texto? Gostou? Então, aproveite a visita e leia também o artigo “3 melhores estratégias digitais para fazer sua empresa crescer” para desenvolver o seu negócio ainda mais!

Celular corporativo: como controlar gastos adicionais?

Para que o uso do celular corporativo traga economias significativas nas contas mensais em sua empresa é preciso incentivar boas práticas entre os colaboradores. 

Isso porque são necessários alguns cuidados para otimizar o tempo, aumentar a produtividade e ainda reduzir o valor dos gastos, como um controle das ligações ou o uso de aplicativos que contribuam para um devido monitoramento do que se faz nos aparelhos.

De olho nas alternativas existentes no mercado, elaboramos este post com algumas dicas que certamente farão a diferença no dia a dia da sua corporação. Venha com a gente e colha bons resultados! 

Por que fazer um controle no uso do celular corporativo?     

A pergunta é simples, mas a resposta pode ter inúmeras variáveis. O primeiro ponto é evidente: o aparelho é de uso exclusivamente corporativo, ou seja, nada de ligações para familiares, amigos ou utilização de redes sociais com foco em assuntos particulares.

Portanto, veja se os seus funcionários estão agindo com consciência, entrando em contato com clientes, fazendo novos contatos e conservando o aparelho adequadamente. 

Estabeleça limites de gastos semanais ou mensais, com cotas para cada colaborador, de acordo com suas funções. Afinal, um vendedor utilizará muito mais os recursos em comparação com alguém que atue no setor administrativo. Ou seja, o bom senso precisa ser colocado em prática.

Dessa forma, podemos afirmar que o controle é essencial para a saúde financeira da sua empresa, trazendo equilíbrio nas contas. 

Vale a pena criar um  termo de responsabilidade que deverá ser assinado pelo funcionário no momento em que o celular for destinado para suas atividades laborais.

Como a tecnologia pode auxiliar no processo?   

Assim como em outros setores organizacionais, a tecnologia é uma grande aliada no controle dos gastos quando o assunto é celular corporativo. 

Atualmente, existem muitos aplicativos que auxiliam no monitoramento, sem falar nas soluções de portabilidade, que podem fazer uma diferença incrível no fim do mês.

A telefonia Voip, por exemplo, faz com que todas as ligações tenham cobranças como se fossem locais, diminuindo consideravelmente o valor da conta. 

Os gateways GSM encaminham as ligações para os chips das operadoras com menores taxas, sendo outra alternativa viável quando o assunto é economia.

No entanto, para que tudo fique bem controlado no seu negócio, nada melhor do que contar com uma empresa terceirizada que atue com eficácia no setor. 

Afinal, elas contam com especialistas que oferecerão as melhores soluções, sendo um investimento com retorno garantido em razão da redução nos custos relacionados com a telefonia. 

Assim, o monitoramento acontecerá adequadamente, fazendo com que os colaboradores tenham a devida consciência no uso do celular corporativo.  

Por que a redução de custos contribui com a empresa? 

Com o nível de competitividade cada vez maior no mercado, as empresas precisam adotar medidas que tragam mais produtividade com menores custos operacionais. 

Por isso, o uso do celular corporativo é uma excelente maneira de reduzir gastos com telefonia, desde que os colaboradores estejam devidamente cientes dos seus direitos e deveres. 

E você, gostou do nosso post? Então compartilhe-o agora mesmo em suas redes sociais e leve conteúdo de qualidade aos seus amigos e familiares!  

Vale a pena usar um sistema de gestão de telefonia?

Os números são os principais aliados de uma empresa quando a busca por melhores resultados se torna uma premissa nas ações diárias. Com um mercado altamente competitivo, a gestão de telefonia também precisa de uma constante organização, de olho na redução dos gastos e nos acertos nas tomadas de decisões. 

Para ajudarmos a sua corporação a utilizar favoravelmente os recursos tecnológicos disponíveis, elaboramos este post com alguns pontos cruciais que devem ser levados em conta no momento de fazer os dados trabalharem a seu favor. Portanto, não pare de ler! 

O que é a gestão de telefonia?

A gestão de telefonia é a avaliação do custo-benefício dos recursos disponibilizados por serviços de telecomunicações, tanto internamente quanto externamente. 

Como o mercado exige economias, é preciso escolher o melhor plano de acordo com a realidade dos seus colaboradores, monitorar o uso dos celulares corporativos, realizar o controle da franquia escolhida, possíveis portabilidades, enfim, trata-se de uma administração que auxilia na produtividade com menores gastos. 

Assim, são imprescindíveis as alterações estruturais dentro da sua organização, ponto que também necessita do devido treinamento e da conscientização dos funcionários. Afinal, os resultados só aparecerão por meio da contribuição de todos, principalmente no ajuste do sistema operacional.

Como implantar um sistema eficaz?

Sabendo-se que cada empresa tem características diferentes em seu sistema organizacional, é preciso realizar um estudo prévio das necessidades e das estratégias que deverão ser adotadas.

Dessa maneira, um gerenciamento por meio da análise de dados é fundamental para definir um plano adequado que traga diminuição nos gastos dentro da sua empresa.

Por isso, um estudo apurado das contas, das operadoras, dos processos e da estrutura interna é essencial na hora de fechar um contrato que esteja sintonizado com a realidade operacional do seu negócio.

Geralmente, empresas terceirizadas estão mais aptas para o evitamento de possíveis erros no processo de implantação, podendo ser um bom investimento, com retorno financeiro garantido.

Quais as principais vantagens da gestão?

A principal vantagem da gestão de telefonia é o uso racional dos telefonemas e dos aplicativos de comunicação disponíveis nos aparelhos. 

Além disso, as diversas opções de planos auxiliam os colaboradores no aumento da produtividade, evitando a elevação do valor da conta mensal, ou seja, haverá uma otimização dos processos e do tempo. 

Também podemos evidenciar outra constatação: o maior engajamento entre os setores da empresa. 

Isso porque haverá uma modernização nas formas de interação entre os funcionários, clientes e fornecedores, reduzindo consideravelmente os índices de insatisfação em relação aos serviços prestados.

Como usar a tecnologia a favor da empresa?

Uma boa gestão de telefonia adota medidas cruciais na redução dos gastos, como o monitoramento dos contratos, sempre de olho em novas economias, centralizando o controle sobre a forma como os colaboradores vêm utilizando os recursos, além de instalar sistemas tecnológicos que contribuam para o combate aos comportamentos inadequados.

Assim, muitos aplicativos de comunicação podem substituir as ligações telefônicas, sem falar na instalação de sistemas inteligentes, como o VoIP, que reduz consideravelmente os gastos em razão das diferentes formas de uso de um mesmo número, universalizando os contatos. 

Portanto, quanto mais estatísticas estiverem sendo geradas em seu negócio por meio das análises das contas mensais, melhores serão as tomadas de decisões. Com isso, a sua empresa ganhará competitividade e mais presença de mercado por meio da gestão de telefonia.

Quer aprender mais sobre o mundo das telecomunicações? Então leia o post sobre o uso do celular corporativo e as 5 características que ele precisa ter! Vamos lá!

O que você precisa saber sobre internet 4G e 4G Plus?

É surpreendente a maneira com a qual a tecnologia se desenvolve. Ela está em constante movimento, sempre buscando novos horizontes e tentando suprir as demandas da sociedade moderna. Nesse contexto está inserida a novidade da internet 4G, 4, 5G e 4G+.

O telefone celular — que há pouco nem existia — hoje é um equipamento indispensável para uma vida considerada “normal” nas cidades. Seja para checar os e-mails, fazer ligações, assistir filmes, ouvir músicas, navegar pelas redes sociais ou se atualizar sobre a situação do país, as pessoas o utilizam. E é preciso uma internet de qualidade para dar suporte a essa nova categoria de usuário.

Por meio dessa leitura, navegue pelo mundo da internet móvel e entenda como se encontra o atual estado dessa tecnologia revolucionária!

As gerações 2G e 3G

Essas siglas se referem às gerações da tecnologia de internet móvel. Cada uma delas apresenta um diferente conjunto de especificações técnicas, mas para o consumidor a principal diferença é a velocidade e estabilidade de conexão oferecidas.

As redes 2G foram muito utilizadas na década de 90 e utilizam o padrão GSM (General Standart for Mobile communications). Essas redes ocupam, no Brasil, as faixas de 900 e 1900 Mhz e sua velocidade de transmissão de dados pode variar entre 40 e 500 Kbps.

Atualmente, as redes 3G são as mais utilizadas no Brasil. Foram lançadas no início dos anos 2000 e utilizam a tecnologia IMT-2000. Elas costumam ser transmitidas por meio das faixas de 1900 e 2100 Mhz, mas há operadoras que utilizam 900 e 1700 Mhz — algumas especificações variam de operadora para operadora. A velocidade oferecida é de no mínimo 200 Kbps, podendo chegar a alguns Mbit por segundo!

As novidades da internet 4G

Com o passar do tempo a tecnologia se aprimora e quando essas essas mudanças alcançam um patamar elevado, diz-se que mudou a geração. A internet 4G foi inaugurada há poucos anos no Brasil e sua velocidade pode alcançar inéditos 300 Mbps, porém, em média, a rede fica em torno dos 20 Megabits por segundo.

A tecnologia utilizada pela quarta geração é denominada LTE (Long-Term Evolution) e para ela são reservadas as frequências de 1800 e 2500 Mhz, onde não há mais 2G. Com o fim da transmissão analógica de televisão, essas redes passam a ser canalizadas também pela faixa de 700 Mhz.

O mais recente 4G Plus/4,5G

Os nomes mudam conforme a tecnologia avança. A internet 4G+ (oferecida pela operadora Vivo) e a 4,5G (oferecida pela Claro) são baseadas no padrão LTE-A ou LTE Advanced. A grande sacada consiste na utilização de multi antenas.

Com esse novo padrão, os celulares modernos são capazes de combinar entre duas e cinco faixas de transmissão de dados, sendo capazes de aumentar a quantidade de dados recebidos/enviados. O que acontece é que dentro desses celulares há um conjunto de antenas que se comunicam com as antenas instaladas em algumas cidades pelas operadoras.

O padrão LTE Advanced (4G+) promete oferecer velocidades que alcancem pelo menos o dobro da internet 4G. Para utilizar essa tecnologia, seu telefone celular deve ser compatível, e isso normalmente é informado na parte superior de sua tela. E também devemos lembrar que nem todas as cidades brasileiras possuem sua cobertura.

A utilização dessas novas redes

Assim como a internet 2G já está praticamente obsoleta e as pessoas estão majoritariamente na transição 3G/4G, é muito provável que cedo ou tarde muitos de nós utilizaremos as redes do padrão LTE Advanced.

As vantagens são claras: internet de alta velocidade e boa estabilidade de conexão devido ao acesso a várias frequências. A questão do custo varia de acordo com a operadora. Normalmente, a internet móvel é custeada a partir da quantidade de dados transmitidos — os pacotes de dados.

Caso a fatura do celular não esteja clara, é importante saber como proceder. E lembre-se de prestar atenção ao contrato firmado com a operadora, para que não haja problemas posteriores.

Gostou do artigo? Siga nossas redes sociais para ficar por dentro de assuntos relacionados à internet 4G e outras tecnologias! Estamos no Facebook, Linkedin e YouTube.

Como manter uma boa estrutura de telefonia na sua empresa?

Para estar sempre em contato com os clientes, é importante que cada empresa mantenha uma boa estrutura de telefonia. Assim, para que os seus fios e cabos estejam sempre em bom estado de uso, é necessária uma manutenção preventiva. Essa tática é usada por grande parte das empresas e consiste em realizar a manutenção periódica nos cabos e fios, reduzindo, portanto, a degradação do equipamento.

A manutenção preventiva, para que fique claro, é aquela realizada antes que os problemas apareçam. Por exemplo, quando fazemos a substituição de um cabo que está prestes a romper, antes que ele quebre. Assim, estaremos prevendo algo que pode acontecer e estamos adiantando o serviço para que a empresa não fique sem conexão via telefone. 

Dessa forma, quando você busca um prestador de serviço para gerenciar o setor de telecomunicação da sua empresa, você está optando por algo que vai trazer muitos benefícios para o seu negócio. Se você está em dúvida se realizar essa terceirização traz mesmo benefícios, confira as vantagens que nós elencamos no post de hoje. 

Segurança para os colaboradores

Esse é o principal benefício, pois se o colaborador se sente seguro onde trabalha, ele produz muito mais. Quando você contrata alguém para gerenciar as telecomunicações da sua empresa, essa pessoa (ou grupo) manterá a estrutura de telefonia em boas condições, realizando sempre as manutenções periódicas. Com a maior durabilidade dos fios e cabos, por exemplo, chegamos ao nosso segundo tópico: a redução de custos.

Redução de custos

Você pode não saber, mas muitos são os custos desnecessários que você está arcando. Ao contratar uma empresa especializada em estrutura de telefonia, eles farão uma verificação dos encargos presentes na sua tarifa e também uma auditoria de faturas, se necessário. Além disso, vão realizar as manutenções periódicas e diminuir gastos que poderiam ocorrer futuramente.

Você sabia que os gastos com telefonia estão entre as três principais despesas das empresas? Contratando uma empresa que faz esse trabalho específico, você estará, entre outros benefícios, eliminando os gastos extras.

Melhoria nos processos

Um grande número de empresas não tem um processo simples para organizar os gastos com telecomunicação. As contas chegam e acabam se acumulando até que outro colaborador, de outro setor, faça o pagamento.

Outras organizações, ainda fazem o pagamento manualmente, o que despende um tempo precioso. Por isso, a melhoria nesses processos é fundamental. Um software, por exemplo, pode diminuir o tempo e também os gastos da empresa.

Otimização das despesas

O conhecimento da estrutura de telefonia da empresa é essencial para diminuir os gastos com as despesas. Organizar melhor os colaboradores e fazer uma lista com os fornecedores são exemplos simples e que podem indicar onde realmente o dinheiro está sendo inserido. 

Por isso, a gestão de telefonia tem um importante papel na manutenção. Contratar uma empresa especializada em telecom é a melhor alternativa para a durabilidade das estruturas de telefonia de uma empresa, uma vez que a busca por serviços especializados garante um conhecimento adequado para as suas necessidades.

Gostou do assunto? Então compartilhe com os seus amigos nas redes sociais e os ajude a manter uma boa estrutura de telefonia nas empresas.

4 providências para tomar diante de uma cobrança indevida

É bastante comum que as operadoras de telefonia tenham reclamações no Procon sobre cobrança indevida ou abusiva. Em uma pesquisa feita pela Proteste, foi verificado que mais da metade dos usuários dessas operadoras já tiveram problemas dessa ordem.

Então, aparentemente, esse tipo de transtorno é recorrente na vida dos brasileiros. É bastante importante, nesses momentos, saber como lidar com a situação — conhecer quais são os direitos, onde e com quem abrir reclamação, enfim, tudo que você pode fazer para reverter o problema.

Se você quer saber mais sobre as providências que pode tomar diante de uma cobrança indevida, continue a leitura que trataremos melhor sobre isso. Confira!

1. Converse com um consultor especializado

Assim que uma cobrança indevida chega às mãos do cliente, recomenda-se que ele entre em contato com uma equipe de consultoria especializada no assunto. Todas as devidas providências podem ser tomadas a partir dessa parceria.

Ao optar por esse intermédio, todas as decisões são tomadas com muito mais clareza e experiência, justamente por ser possível contar com o auxílio de profissionais capacitados para resolver sua situação. Portanto, busque uma consultoria que seja referência no mercado.

2. Entre em contato com a operadora

Quando isso acontecer, anote o número do protocolo que será passado, pois essa sequência comprovará que já foi aberta uma reclamação e, dessa maneira, a empresa lhe deve alguma resposta. 

Também é importante tê-lo anotado pois, se o caso não puder ser resolvido pela operadora, havendo necessidade de entrar em ação na Anatel ou na Justiça, esse número é a comprovação de como está o andamento com a empresa.

3. Faça uma reclamação no Procon e na Anatel

Se, após entrar em contato com a operadora, ainda assim não for possível resolver a sua situação, entre em contato com o Procon e com a Anatel, tendo em mãos tudo que comprova que você procurou resolver a situação com a empresa, mas não obteve sucesso — nesse caso, ter o número do protocolo em mãos é imprescindível para a comprovação da situação.

O Procon é o órgão de defesa do consumidor e sua principal função é mediar um acordo entre o cliente e a operadora por meio de audiências conciliatórias. E a Anatel é quem regulariza tudo que é do setor de telecomunicações, fiscalizando as leis desse segmento, a fim de contribuir para o desenvolvimento do Brasil.

4. Saiba sobre o contrato que assinou com a operadora

É bastante comum que as pessoas não saibam como funcionam os contratos que assinaram com a operadora ou não os tenham em mãos, e isso é um fator relevante para as informações sobre cobranças. Além disso, há operadoras que não oferecem a conta detalhada para que o cliente tenha informações completas do que está sendo cobrado, tanto nos planos pós quanto nos planos pré-pagos.

Então, estar atento a isso é importante, bem como é essencial ter o contrato em mãos e saber solicitar o detalhamento da fatura.

Para isso, ter uma parceira que tenha reconhecimento no mercado para solucionar esse tipo de problema é essencial, bem como manter uma boa estrutura física na sua empresa com uma boa equipe para que tudo se resolva da melhor maneira.

Essas foram algumas dicas sobre as providências que podem ser tomadas diante de uma cobrança indevida. Digamos que esses são os passos iniciais, pois cada caso terá uma resolução diferente. No entanto, entrando em contato com a operadora e com os órgãos responsáveis, você obterá melhores informações para solucionar sua situação.

Se você gostou dessas dicas, leia o outro post que fizemos sobre as vantagens de contar com uma empresa para lidar com operadoras de telefonia! Vamos lá!

Tudo o que você precisa saber ao contratar serviços de Cloud Computing

Falar em serviços de cloud computing (computação em nuvem) não é mais novidade, já que a nuvem está crescendo cada vez mais e novas tecnologias estão emergindo diariamente. Trata-se de uma terminologia que já ganhou as grandes corporações, órgãos governamentais e agora começa a chegar nas pequenas e médias empresas.

A cloud computing pode oferecer diversos benefícios para o mundo corporativo, até mesmo para as empresas de pequeno porte. Os serviços que envolvem essa tecnologia fazem uso do grande desempenho de processamento nas nuvens, por isso contam com a possibilidade de aumento de memória e espaço de armazenamento.

Mas o que essa inovação significa em termos de melhorias nos processos das empresas? Continue acompanhando este post e entenda os principais benefícios que o serviço de cloud traz para a organização. Vamos a eles?

Acesso às informações de qualquer lugar

Hoje as distâncias físicas estão deixando de ser um obstáculo para que as organizações façam negócios entre si. Da mesma maneira, os colaboradores de uma empresa precisam conseguir acessar as informações do lugar onde estejam.

Desse modo, surge a necessidade de armazenar os dados em um ambiente virtual, comum, ágil e seguro. E essa é a relevância de usar os serviços de cloud computing, cujo diferencial está no modo como aproveita a estrutura de hardware.

Para que a cloud computing seja possível, é necessário que a parte mais pesada do processamento permaneça na nuvem. Com isso, qualquer pessoa com um celular, computador ou tablet pode acessar os dados por meio do navegador.

Maior segurança para os dados

Esse modelo de computação conta com diversos softwares de criptografia, com uma segurança muita alta, a fim de evitar que os dados sejam contaminados por vírus, roubo de informações ou invasões. Prova disso são as grandes e importantes empresas que disponibilizam esse serviço, como Google, Dropbox, Yahoo, IBM e Amazon.

O fato de ser tão seguro ocorre por vários fatores, entre eles: infraestrutura já realizada com conceitos de segurança e profissionais altamente capacitados cuidando do sistema.

Melhorias dentro do departamento de TI

A maioria das empresas que adota a nuvem está vendo benefícios em seu departamento de TI em até meio ano. Tais melhorias ocorrem nos aspectos relacionados à qualidade, eficiência e segurança. Sem contar que mudar para a nuvem faz com que essas empresas economizem e reduzam seus custos.

Tal decisão também é benéfica para que a empresa utilize a sua equipe de maneira mais eficiente.

A cloud computing pode ter várias funções para diferentes interesses e negócios. A grande questão sobre esse serviço é que ele pode auxiliar a empresa a ser mais sensível às condições do mercado, além de otimizar ou reduzir os custos de TI.

Flexibilidade, agilidade e escalabilidade

É bem provável que a empresa, em um cenário positivo, cresça e ganhe destaque rapidamente no mercado. No entanto, se ela tem uma tecnologia baseada em servidores físicos, é bem possível que os planos de crescimento sejam barrados pelos prazos de migrações de infraestrutura e de upgrade de servidores.

Com o uso da tecnologia cloud computing, a empresa não vai precisar se preocupar com os investimentos que terá que fazer, já que ela é flexível e permite que o negócio aumente ou diminua a infraestrutura de tecnologia no momento em que desejar, de forma ágil e rápida.

Redução de custos

No passado, as empresas desenvolvedoras de ERP, por exemplo, precisavam investir em profissionais capacitados para configurá-los em servidores próprios e adquirir licenças de bancos de dados — o que certamente custava extremamente caro para os negócios.

O grande benefício de utilizar os serviços de cloud computing é que a empresa só paga pelo que vai usar.

Além de todas as vantagens citadas, os serviços de cloud computing, sem dúvida, estão crescendo e sendo bem avaliados pelos empresários, tanto no Brasil quanto no exterior.

E aí, o que achou deste post? Gostou? Então compartilhe-o em suas redes sociais para que seus amigos também possam ler!

Telefone com ramais: entenda como ele facilita atendimentos

Sabemos que a tecnologia veio para salvar nosso cotidiano, deixando as funções diárias cada vez mais simples e fáceis de serem realizadas. E uma dessas salvações, principalmente para as empresas, é o telefone com ramais.

Imagine esta situação: há apenas uma linha de telefone na empresa e vários funcionários e clientes tentando falar com eles, porém só dá ocupado, pois tem sempre alguém utilizando a linha. Sendo assim, fica complicado o atendimento, não é mesmo?

Dessa maneira, o telefone com ramais é um facilitador para que os clientes tenham um acesso mais fácil e rápido para entrar em contato com a empresa, sendo possível haver mais de uma ligação simultaneamente.

Quer saber mais como funciona o telefone com ramais? Acompanhe esta leitura conosco e fique por dentro!

Fácil instalação

Um dos pontos mais importantes de se ressaltar é a facilidade para instalar um telefone com ramal, porque não é necessário fazer alterações físicas na empresa — como quebrar paredes — para passar fios. O processo é bem simples: por meio da instalação do PABX, é necessário realizar uma configuração no seu aparelho telefônico e depois conectar os outros aparelhos ao aparelho base.

Tenha um telefone principal, instale outros aparelhos onde você quer que eles fiquem e faça uma configuração para que eles se conectem ao aparelho base.

A capacidade de ramais que podem ser instalados na mesma linha vai depender do modelo do seu aparelho telefônico. Consulte isso antes de adquirir o seu, para que tenha a quantidade adequada para você.

Transferência de chamadas

Imagine que em uma empresa não existe telefone com ramal. Seria uma confusão ficar procurando a pessoa que precisa atender a ligação, não é mesmo?

Então, a principal função de um ramal é essa praticidade para transferir chamadas. Com um simples código que será registrado no seu aparelho, você poderá passar ligações para o outro, com total privacidade — ao contrário dos telefones residenciais ligados na mesma linha, que possibilita que outras pessoas ouçam a ligação, sem permissão.

Dessa maneira, o ramal permite que as ligações sejam atendidas pelos outros aparelhos como se fosse uma outra ligação e nenhum dos outros aparelhos terá acesso a essa ligação enquanto você estiver nela. Ótimo, não é mesmo?

Melhoria nos atendimentos

Como é possível transferir a ligação com maior facilidade para os ramais, isso é uma grande ajuda durante os atendimentos, porque pode ser instalado um mecanismo para que seu cliente tenha um atendimento mecânico enquanto espera a pessoa com quem falar estar disponível para atender.

Outra possibilidade disponível é criar uma fila de atendimento, com músicas, não deixando seu cliente apenas esperando na linha.

Além disso, outros recursos, como conferências e identificação de chamadas, também são permitidos e podem beneficiar a empresa.

Como podemos perceber, o telefone com ramais permite várias funcionalidades, melhorando o atendimento do seu negócio e, consequentemente, trazendo resultados.

Gostou de saber sobre os benefícios do telefone com ramais? Então, siga nossas redes sociais (Facebook, LinkedIn e YouTube) para continuar acompanhando mais conteúdos como esse!

A fatura do celular não está clara? Saiba como tirar suas dúvidas!

Como tudo na vida, o conhecimento evita inúmeras dores de cabeça. Trata-se de uma linha de pensamento que vale também no momento de você analisar a fatura do celular.

Isso porque pesquisas revelam que seis em cada dez usuários de planos móveis já tiveram algum problema na fatura, principalmente por conta de cobranças indevidas.

Por isso, a informação é a sua arma para fazer valer o seu direito do consumidor. Com o objetivo de deixá-lo bem esclarecido em relação ao tema, elaboramos este post com dicas práticas que o ajudarão a manter a clareza na hora de interpretar os boletos.

Leia atentamente o contrato  

A primeira dica é você ler atentamente o contrato antes de assiná-lo. Além disso, guarde uma cópia em um lugar de fácil acesso para sempre consultá-lo em determinado momento de dúvida.

Afinal, ao consultar os serviços cobrados na fatura, você poderá compará-los ao que foi acordado no dia da assinatura do plano, ou seja, o documento é uma garantia dos seus direitos.

Fora isso, é importante saber interpretar todos os detalhamentos da conta. É nessa hora que vale a pena buscar o auxílio do consultor da sua operadora para você ficar por dentro do assunto.

Isso porque o especialista é a pessoa melhor indicada para informá-lo corretamente sobre todas as cobranças e pormenores de cada plano, como minutos falados, conexão com a internet, ligações locais e interurbanas, entre outros pontos.

Vale evidenciar ainda que a solicitação da conta detalhada é um direito do consumidor e deve ser emitida pela operadora em até 48 horas.

Caso contrário, você poderá reivindicar o seu direito nos órgãos protetivos, como o Procon ou Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)

Analise criteriosamente a fatura do celular 

A devida análise da fatura do celular é outra recomendação que não pode fugir da sua rotina mensal.

Veja os dados apresentados e se correspondem com a franquia escolhida, a divisão dos serviços, aparelho solicitado, enfim, aos aspectos que foram descritos no contrato de prestação do serviço.

Caso observe alguma cobrança indevida ou que contenha determinada inconsistência, a dica é manter a calma e procurar primeiramente o diálogo, tendo em vista que sempre existe um prazo para a quitação do débito.

Se o problema acontecer com você, procure imediatamente a sua operadora ou o consultor da sua confiança e converse sobre o assunto, sempre mantendo a cautela e a serenidade.

Dessa forma, com o devido respeito, certamente o problema será solucionado rapidamente, tendo em vista que as empresas valorizam os seus clientes e querem mantê-los em seus planos, principalmente de celulares corporativos.

Esclareça todas as dúvidas 

Como o entendimento da fatura do celular ainda causa muitos questionamentos nos consumidores, vale a pena sempre tirar todas as suas dúvidas no momento de fechar um contrato.

Por isso, mais uma vez, a conversa aberta e com clareza com o consultor é de extrema importância. Pergunte tudo e não tenha medo de demonstrar o seu desconhecimento sobre o assunto.

Com isso, certamente muitos problemas serão evitados, fazendo com que você faça valer o seu direito de ter informações corretas na apresentação da fatura.

Depois de tirar algumas dúvidas sobre a fatura do celular, que tal agora conhecer 4 dicas para economizar na conta do telefone móvel e fixo? Explore nossos conteúdos!

Problemas no serviço de telefonia, onde reclamar?

Da mesma maneira que os serviços de telefonia evoluíram, também aumentaram as reclamações por conta de inúmeros problemas que afetam os usuários diariamente.

Seja em razão de uma cobrança indevida de uma linha que não funciona adequadamente, de um aparelho com falhas, seja por causa de várias obrigações das operadoras não cumpridas à risca, os consumidores geralmente precisam ir atrás dos seus direitos.

No entanto, no momento de reclamar sobre o serviço de telefonia, você saberia qual o melhor caminho a seguir? É o que mostraremos neste post. Venha conosco e não perca tempo!

Conheça os principais motivos de reclamações  

No vasto rol das reclamações em relação aos serviços de telefonia, destacam-se a telefonia móvel pós-paga, o pacote de serviços, também conhecido como combo, e a TV por assinatura.

A maior parte é referente a cobrança por serviço não contratado, oferta não cumprida ou publicidade enganosa. Atualmente, os serviços de telecomunicações lideram o ranking de reclamações nos Procons, atingindo 29% dos 2,46 milhões de queixas registradas em 2017 no Brasil.

Agora, caso você esteja passando por alguma dificuldade com a sua operadora, vamos elencar canais ou locais onde suas reclamações podem ser solucionadas.

Procure seu consultor 

A primeira dica ao se sentir lesado pelo serviço de telefonia é procurar o consultor da sua operadora. Afinal, o profissional poderá solucionar a pendência rapidamente, evitando desgastes e até mesmo perda de tempo.

Por isso, antes de qualquer atitude mais pontual, ligue para o seu consultor ou faça uma visita ao local de fechamento do plano.

Certamente, o consultor poderá resolver a demanda de uma maneira pacífica e tranquila para ambas as partes, mantendo o bom relacionamento e também a fidelidade com a operadora da sua escolha.

Entre em contato com a Anatel 

Caso a conversa com o seu consultor não traga bons resultados, a orientação é fazer a reclamação na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A dica é esperar cinco dias úteis antes de acionar a Anatel.

Após registrar a queixa na empresa, tendo o número do protocolo em mãos, você poderá ligar no telefone 1331 ou 1332, este último no caso de pessoas com deficiência auditiva ou de fala.

A central funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Outra opção é acessar o site da Anatel e clicar no botão fale conosco, onde o consumidor poderá reclamar, denunciar ou até mesmo se manter informado sobre os seus direitos e deveres.

Busque o Procon  

Outro órgão de defesa do consumidor que frequentemente soluciona pendências com o serviço de telefonia é o Procon.

Existente em quase todas as cidades brasileiras, o local possui advogados especializados nas causas. O atendimento é gratuito e geralmente tem bons resultados nas negociações.

Reclame aqui 

O consumidor também poderá encontrar uma alternativa para a sua pendência no Reclame aqui, um site especializado em ranquear as melhores empresas em diferentes ramos da economia e também as que apresentam maior índice de reclamações.

Dessa maneira, você poderá descrever a sua queixa, contando a história, fato que influenciará negativamente na avaliação da empresa, ou seja, outros clientes ficarão mais atentos quanto ao serviço de telefonia em questão.

Portanto, faça valer o seu direito de consumidor e busque sempre a melhor solução para as suas reclamações. Com isso, certamente a qualidade das operadoras melhorará consideravelmente ao longo dos anos.

E você, já teve problemas com a sua operadora? Deixe aqui o seu comentário e participe do debate conosco!

Quando vale a pena fazer a portabilidade do meu plano de celular?

Uma das principais atitudes dos usuários de celulares corporativos é a portabilidade de operadoras, com o objetivo de encontrar planos mais econômicos e que ofereçam vantagens técnicas aos consumidores.

No entanto, antes de realizar tal mudança, é preciso conhecer bem as regras e condições do mercado de celular corporativo para não ter surpresas desagradáveis no futuro.

Para você ficar por dentro do assunto, vamos mostrar, neste post, vários detalhes que poderão fazer a diferença no momento da sua escolha. Portanto, venha com a gente e não erre na tomada de decisão!

O que é a portabilidade?   

Em vigor desde 2009 no Brasil, em razão da Resolução nº 460 da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a portabilidade é o processo que permite ao usuário trocar de operadora sem mudança do número do seu celular.

Com isso, o consumidor sai ganhando, pois pode solicitar a alteração quando determinada operadora possuir condições que estejam mais sintonizadas com o seu estilo de vida ou até mesmo para gerar economias em um plano de celular corporativo.

Além da numérica, a portabilidade pode ser de endereço ou de plano, ou seja, são três opções aprovadas pela Anatel. No entanto, o processo só é permitido dentro de um mesmo tipo de serviço, como no caso de celulares corporativos, por exemplo — isto é, de móvel para móvel ou fixo para fixo.

Vale ressaltar que a Resolução da Anatel impõe um prazo máximo de três dias úteis para o processo ser finalizado. Além disso, o seu celular poderá ficar fora do ar por, no máximo, 24 horas. A portabilidade ainda pode ter custos em caso de mudança de operadoras, geralmente de R$ 4 por solicitação, mas a maior parte das empresas não faz a cobrança.

Agora, se a mudança for dentro da mesma operadora, o cliente não deverá ter custos a mais em sua conta. Por isso, fique atento a esse detalhe para fazer valer o seu direito de consumidor.

Como pedir a portabilidade? 

Quando o consumidor decidir realizar a portabilidade do seu celular, ele deverá procurar o seu consultor para que tudo aconteça da melhor forma possível durante o processo. Ao contar com a ajuda profissional, certamente serão apresentadas as melhores condições e regras, tendo um acompanhamento técnico do parceiro corporativo.

Dessa maneira, a possibilidade de erros ou possíveis frustrações cairá drasticamente, fazendo com que você saia totalmente satisfeito após a portabilidade do seu plano ou número.

Qual o melhor momento para realizar o processo?  

Ao perceber que a sua conta está com custos de serviços não utilizados, oferecendo poucas vantagens e com aparelhos nada convidativos, vale a pena analisar a real necessidade de uma portabilidade.

Assim, a sua empresa poderá reduzir inúmeros custos operacionais, tendo um maior controle das ligações e ainda oferecendo tecnologias diferenciadas aos colaboradores. Como os celulares corporativos possuem planos na medida de cada funcionário, as operadoras também podem se diferenciar quanto às condições contratuais.

Portanto, quando você fizer uma análise de mercado e perceber que existem opções mais convidativas, vale a pena realizar a portabilidade.

Com isso, tanto os colaboradores quanto o setor financeiro da empresa terão bons motivos para comemorar as melhorias obtidas no processo. Afinal, mudanças sempre são bem-vindas quando realizadas com um devido planejamento.

E você, gostou do nosso post sobre a portabilidade do plano de celular? Então, compartilhe agora mesmo em suas redes sociais e leve informação de qualidade aos seus amigos e familiares!

O que a legislação diz sobre planos de telefonia empresarial?

Fazer reclamações sobre a má qualidade dos serviços de telefonia empresarial é algo bastante comum. Entretanto, muitos consumidores não conhecem a fundo quais são os seus direitos e deveres em um plano de telefonia, apesar de esse ser um recurso tão estratégico para qualquer empresa.

Grande parte dos chamados de reclamações acontece devido à falta de alguns cuidados que os clientes não têm na hora de fechar contrato com a agência. Por isso, é muito importante analisar os planos com cautela. Além disso, o consumidor deve saber de todas as suas obrigações e direitos, para, quando for necessário, exigi-los.

Pensando nisso, preparamos este post com quatro tópicos da legislação que regulamentam esse serviço. Confira e boa leitura!

Fidelidade

As diversas vantagens promocionais — na forma de mensalidades reduzidas ou de descontos em aparelhos — que são oferecidas aos consumidores no momento de contratar um plano de telefonia empresarial têm o seu preço: a fidelidade contratual.

Esse é um ponto que requer a atenção dos contratantes a fim de impedir que o valor da multa por rescisão não se torne desproporcional às vantagens oferecidas e para que as cláusulas não sejam abusivas. Vale frisar que a fidelidade precisa ser oferecida em troca de um benefício e que há um limite de 12 meses para a vigência da cláusula.

É preciso destacar que a aceitação à cláusula não deve ser imposta ao consumidor como uma obrigação para a contratação do serviço. Deve haver, portanto, uma opção de contratar o plano sem a fidelização.

Lembrando, também, que o contrato de fidelidade pode ser rompido sem a necessidade de pagar uma multa, caso haja falhas na prestação do serviço, como, por exemplo, velocidade abaixo da contratada e ausência de sinal.

Portabilidade

O consumidor que contrata um plano de telefonia empresarial para a sua organização tem o direito à portabilidade. Mas o que significa isso? É simples: o contratante vai poder mudar o seu número para outra prestadora ou para outro plano de serviço. A migração precisa ocorrer em até três dias úteis.

A possibilidade de fazer essa mudança e permanecer com o número tem se popularizado cada vez mais com a profusão de planos que passam a combinar as ofertas. É importante deixar claro que antes de fazer a troca, o consumidor precisa tomar certos cuidados e, principalmente, avaliar se ela é vantajosa para a empresa.

Desse modo, antes de fazer a migração, avalie se a nova oferta se encaixa ao seu perfil e se não há a possibilidade de negociar com a operadora atual.

Cancelamento

Por qualquer motivo que seja, o consumidor tem o direito de cancelar o contrato. Os efeitos da rescisão, quando forem registrados por meio de atendente, serão imediatos à solicitação, ou seja, a cobrança do serviço será interrompida imediatamente. Já quando não houver intervenção de um atendente, terá efeito após dois dias úteis.

Vale ressaltar que a prestadora só pode cobrar eventuais valores residuais  proporcionais ao tempo do fechamento do último ciclo de faturamento, incluindo as multas contratuais.

Consultoria corporativa

Os contratantes têm o direito de contar com os serviços de uma consultoria corporativa, os quais são responsáveis por atuar como gerenciadores e orientadores das contas telefônicas da empresa. O objetivo maior é a redução de custos desnecessários e o acompanhamento dos contratos assinados de maneira mais efetiva.

As empresas que atuam com consultorias têm profissionais especializados e capacitados para otimizar e melhorar a utilização da telefonia na rotina das organizações, oferecendo serviços, como controle do uso correto do celular corporativo, escolha dos melhores planos para o perfil da empresa, verificação dos valores cobrados e administração e reparação nas contas.

As consultorias são fundamentais para garantir um excelente retorno de investimento para os negócios. Assim,não deixe de exigir esse direito ao contratar o seu plano de telefonia empresarial, além, é claro, dos demais citados neste texto. Melhore a gestão do uso da telefonia contando com um excelente plano e não deixe de se atualizar sobre o que a legislação assegura!

Gostou deste post? Então siga o nosso perfil nas redes sociais e se mantenha atualizado. Estamos no Facebook, no YouTube e no LinkedIn!

Como utilizar dados de telefonia para tomada de decisão estratégica

Quer melhorar seu processo de tomada de decisão? Hoje em dia, o instinto não é mais suficiente se você quer continuar competitivo. A maioria das organizações percebe que os dados de telefonia podem contribuir imensamente na tomada de decisões de uma organização.

Com tecnologia subjacente a quase todos os aspectos do seu negócio, você pode usar os dados que ele gera para ver exatamente o que está acontecendo em sua organização e usar as informações para tornar seu negócio mais ágil testando diferentes cenários e seu nível de sucesso.

É por esse motivo que, com os métodos avançados de análise de hoje e a crescente disponibilidade de dados, as estruturas são cada vez mais pressionadas a tomarem decisões baseadas em dados de telefonia. Quer saber mais sobre isso? Então continue lendo este artigo!

Como a análise de dados impactou os cenários competitivos?

A tomada de decisões baseada em dados valoriza as decisões de negócios respaldadas por dados verificados e analisados. Essa governança é possível e a qualidade dos dados coletados é assegurada.

Antigamente, o processo para coletar, extrair, formatar e analisar os dados era longo e trabalhoso, uma vez que especialistas eram exigidos em tempo integral. Isso, naturalmente, demandava mais tempo e as empresas acabavam perdendo o momento certo de agir e de tomar decisões.

Mas hoje, o desenvolvimento e a democratização do software de business intelligence permite que qualquer pessoa analise e obtenha informações sobre seus dados, exigindo um suporte muito menor do departamento de TI para produzir os relatórios que mais tarde precisam ser analisados, acelerando então o processo de decisão.

A partir daí, nasceu a ciência dos dados: quando as habilidades de estatísticas e conhecimentos se encontram. Essa estratégia  envolve a peneiração de grandes quantidades de dados brutos para tomar decisões inteligentes, podendo aumentar os lucros do negócio e reduzir suas despesas.

Essa análise traz velocidade, eficiência e capacidade de usar dados para tomar decisões a curto e longo prazo.

Como usar informações para a tomada de decisão?

Hoje, as principais empresas em todo o mundo usam dados para tomar decisões sobre seus negócios.

Ao mudarem seu foco para os dados em vez de confiarem apenas na perspicácia empresarial, essas empresas ganharam uma vantagem estratégica significativa em relação aos seus rivais.

Confira abaixo apenas algumas das vantagens que sua empresa pode ter ao tornar-se uma organização baseada em dados:

  • permanecer competitivo
  •  desfrutar de uma visão mais profunda sobre o cliente e sua jornada.
  • economizar ao não precisar armazenar grandes volumes de dados — especialmente se eles forem para fins de conformidade.
  • detectar oportunidades novas ou perdidas, ajudando a empresa a crescer e a melhorar regularmente.
  • tornar-se mais ágil e melhorar a capacidade de responder aos mercados.

De onde são provenientes os dados para a tomada de decisões?

Algumas das tecnologias que os empresários podem usar para coletar dados de seus clientes incluem:

  • telefone: para dar suporte ao cliente, construção de relacionamentos e entrevistas em profundidade.
  • SMS: para testar a consciência de seu produto ou serviço. Você pode perguntar “Você já ouviu falar sobre o produto X?” e assim entender a percepção de sua concorrência pelo cliente.
  • resposta de voz interativa: para interagir com os consumidores, reunir informação e encaminhar as chamadas para o destinatário apropriado.
  • internet: para a análise de dados quantitativos e qualitativos.Você pode usar e-mail, formulários do google e sites de redes sociais como Facebook e Twitter.

Como planejar uma estratégia de tomada de decisão baseada em dados de telefonia? Confira 7 dicas!

1. Defina os objetivos

Para obter o máximo de suas equipes de dados, é preciso definir os objetivos antes de começar a análise. Determine uma estratégia para seguir as necessidades do seu negócio e estabeleça indicadores de desempenho chave (KPIs) claros.

2. Encontre as questões não resolvidas

Uma vez que sua estratégia e metas estão definidas, você precisará resolver as questões corretas de análise de dados e ajudar as equipes a se concentrarem nos dados certos, economizando tempo e dinheiro.

3. Determine as tecnologias que você precisa investir

Você precisará da tecnologia certa para desenvolver os meios para obter, manipular e analisar dados. Isso significado que será preciso fazer um investimento em ferramentas analíticas de nível empresarial, que são necessárias para melhorar o desempenho e os recursos para executá-lo.

Porém, antes de investir em tecnologias, é fundamental se certificar de que sua empresa possui um processo sólido e organizado para escolher as melhores ferramentas que ela precisa.

4. Use uma abordagem ágil

O uso de dados pode começar aos poucos — especificando um problema do negócio e encontrando uma maneira de resolvê-lo.

Dessa forma, gastar muito dinheiro em um projeto enorme não é uma boa ideia, sendo muito mais vantajoso apostar em  uma abordagem ágil e interativa baseada nas necessidades atuais.

5. Tenha qualidade nas informações

A qualidade dos dados é a condição de um conjunto de variáveis ​​quantitativas e qualitativas, que devem ser utilizadas em operações, tomada de decisão e planejamento.

Um bom gerenciamento da qualidade de dados — desde a aquisição, manutenção, disposição até os processos de distribuição em vigor dentro de uma organização — também é importante no futuro uso de tais dados.

A coleta só é boa se bem gerida e explorada depois, caso contrário, o potencial dos ativos permanece intacto e inútil.

6. Encontre os dados necessários

Entre os dados que você reuniu, tente se concentrar naqueles que o ajudarão a responder as questões não resolvidas definidas na etapa anterior.

Uma vez identificado, verifique se você já possui esses dados coletados internamente, ou se você precisa configurar uma maneira de coletá-los ou adquiri-los externamente.

7. Analise e entenda

Embora isso possa parecer óbvio, é necessário mencionarmos: depois de configurar o quadro de todas as perguntas para responder e a coleta de dados, você precisa lê-lo para extrair informações importantes que o levarão a tomar decisões empresariais orientadas por dados, melhorando assim o desempenho de sua empresa e torná-la mais competitiva.

Quer saber mais sobre a análise de dados de telefonia? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades!

5 tendências do mercado Telecom para 2018

A telecomunicação tem passado por uma verdadeira revolução e vem sendo cada vez mais utilizada nas empresas. Por isso, as diversas tendências do mercado Telecom para este ano de 2018 são grandes trunfos e indicam uma mudança de paradigma nas organizações e também nas relações sociais.

É fundamental que o mundo corporativo esteja atento a essas novas tecnologias que impactam os negócios e trazem benefícios. Isso porque é praticamente impossível sobreviver nos dias de hoje sem criar canais diretos com os clientes e deixar de aderir às novas formas de integração dos vários setores da empresa.

Ficou interessado e quer revolucionar o seu negócio, mantendo a sua organização competitiva no mercado? Então, conheça 5 tendências do mercado Telecom que selecionamos para você.

1. Telefonia digital

O VoIP (Voz sobre Protocolo de Internet) e a telefonia IP são tecnologias capazes de transformar uma chamada de telefone em sinais digitais para que ela possa ser transmitida pela internet. Tal ação faz com que a troca de informações seja facilitada, além de reduzir custos para a empresa.

A telefonia digital proporciona diversas vantagens. Entre elas: conferências; ligações; videochamadas gratuitas; envio de mensagens de texto; reencaminhamento de chamadas; compartilhamento de dados, entre outras.

Desse modo, torna-se possível realizar reuniões com clientes sem a necessidade de deslocamento, além de aumentar a produtividade e ter um contato mais fácil com filiais e matrizes.

2. Mobilidade na comunicação

A redução das distâncias que as tecnologias digitais proporcionam aumenta a possibilidade de propagar a mobilidade e de ofertar serviços direcionados para essa ação.

Tal afirmação fica visível quando analisamos os dados do IBGE, os quais afirmam que os smartphones estão presentes em 80% das residências. Além disso, o levantamento aponta que 29,6 milhões de casas têm acesso à internet.

Diante disso, podemos ver que há muita facilidade em acessar conteúdos, inclusive imagens, textos e vídeos. Portanto, é quase um imperativo que as empresas estejam presentes no ambiente digital e utilizem sistemas que facilitem o acesso aos serviços e produtos pelos clientes.

3. Softwares de comunicação e colaboração em nuvem

É importante que se entenda que os tempos são de produtividade, sem muita restrição de localização e de espaços físicos. Por isso, a nuvem deve se transformar no único modo de interação completa entre colaboradores e clientes.

Além de oferecer a possibilidade de acessar dados e executar diferentes tarefas pela internet sem precisar de aplicativos, esse “escritório virtual” também acaba eliminando muitos custos para a empresa. Os serviços na nuvem são importantes para unir a comunicação e oferecer ferramentas de colaboração efetiva, em tempo real.

4. Internet das coisas

Essa é uma promessa que certamente é a maior revolução desde o momento em que a internet foi criada: transformar o modo como interagimos com o mundo ao nosso redor. Neste ano de 2018, a aposta é que haja a consolidação de dispositivos conectados, extrapolando, assim, o uso de celulares e computadores.

Casas, roupas, carros, entre outros objetos que usamos serão conectados à internet. No entanto, essa tecnologia não se resume apenas a produtos como esses, mas abrange uma maior conectividade em manufatura, serviço etc.. Nos próximos meses, muitas empresas poderão incorporar sensores em equipamentos, torres, veículos, melhorando o desempenho geral dos negócios.

5. Expansão das redes 4G

A expansão das redes 4G vai contar com a tecnologia avançada de satélites a fim de ampliar a infraestrutura de conexão. Após a chegada da geração HTS (High Throughtput Satellite), o custo-benefício de fazer uso dessa tecnologia passou a ser bem mais vantajoso, além de utilizar o aumento da capacidade dos sinais para ter um maior alcance de redes e de pessoas atingidas pela conectividade.

Para as organizações terem sucesso e garantirem competitividade no mercado, é imprescindível que elas abracem a transformação digital de processos de negócios o mais rápido possível. Nesse sentido, a empresa que utilizar as novas tendências do mercado Telecom vai conquistar o público com convergência e rapidez, além de ficar um passo à frente da concorrência.

E aí, o que achou deste post? Gostou? Então curta a nossa página no Facebook e acompanhe as nossas atualizações por lá!

5 motivos para contratar uma consultoria em telefonia empresarial

Os serviços de consultoria em telefonia empresarial são responsáveis por atuar como gerenciadores e orientadores das contas de telefone das empresas. Esse tipo de consultoria vai oferecer diversos benefícios para a organização, como um melhor acompanhamento dos contratos e a redução de custos desnecessários.

As empresas que fornecem tal consultoria contam com profissionais especializados e qualificados em melhorar e otimizar a utilização dos telefones no dia a dia das instituições que contratam seu serviço.

Quer garantir um excelente retorno de investimento para os seus negócios, equilibrando suas contas? Então conheça os 5 principais benefícios que o uso dessa tecnologia proporciona para a rotina da sua empresa. Confira e boa leitura!

1. Rapidez no alcance de resultados

Em muitos casos, é preciso que uma organização espere muito tempo para alcançar seus objetivos desejados. No entanto, muitas vezes, o tempo necessário para atingir tais metas está totalmente relacionado ao conhecimento, à experiência e aos recursos disponíveis.

Logo, contratar uma consultoria permite que a organização alcance com mais rapidez as metas almejadas, já que ela traz recursos importantes, principalmente a experiência e o conhecimento dos consultores.

2. Novos conhecimentos para a empresa

O trabalho da consultoria não acontece de maneira isolada dentro da companhia, mas sim em parceria com os profissionais de T.I (Tecnologia da Informação) da empresa contratante.

Nessa relação de parceria existe muita troca de conhecimentos e, com isso, os profissionais se atualizam cada vez mais e se tornam mais capacitados para executar as atividades.

Dessa forma, quando se contrata uma consultoria em telefonia empresarial, a empresa obtém algo muito relevante para os negócios: conhecimento atualizado e adequado para garantir os resultados propostos.

3. Suporte para tomada de decisões

As informações são sempre fundamentais para que decisões sábias sejam tomadas, no entanto, muitas vezes apenas esse suporte não basta. É necessário que exista uma visão holística e que vai além da realidade da organização, enxergando, portanto, tudo aquilo que está sendo vivenciado nos demais setores, as tendências futuras e a situação da economia.

É preciso destacar que o papel do consultor não é apenas trabalhar para garantir os resultados determinados, mas também atuar como um conselheiro, auxiliando os gestores a tomar as decisões mais vantajosas e coerentes.

Logo, com a consultoria, a empresa poderá melhorar suas decisões estratégicas, operacionais e táticas, aumentando suas chances de sucesso.

4. Melhoria de desempenho

Os objetivos organizacionais geralmente são divididos em objetivos de curto, médio e longo prazo. Ou seja, existe um caminho até chegar em uma meta pretendida.

Contudo, ao mesmo tempo em que a organização deve saber onde deseja chegar e como chegar, precisa também ter uma estratégia para melhorar o desempenho e garantir eficiência nas atividades que realiza.

Contratar uma consultoria em telefonia empresarial não é apenas garantir resultados no futuro, mas também contar com uma melhoria diária deles. Os consultores vão atuar para que a organização chegue onde quer, melhorando a qualidade dos serviços dia após dia.

5. Atualização dos contratos

Tanto as pessoas como os produtos, serviços e o mercado devem estar em constante evolução e atualização, e, claro, as empresas precisam responder a essas mudanças.

Na prática, isso significa que a estratégia precisa ser bem executada, as práticas de gestão devem ser sempre aperfeiçoadas, os processos precisam passar por revisões de maneira contínua, além disso, a empresa precisa passar por mudanças até mesmo fazendo revisão dos contratos vigentes. Dito de outra forma: todas as organizações que desejam crescer e sobreviver no mercado devem se atualizar constantemente.

Por isso que investir na contratação de uma consultoria em telefonia empresarial é indispensável, já que o investimento estará sendo feito na atualização da empresa. Os consultores vão tornar a organização cada vez mais competitiva e pronta para atuar no mercado.

Quer garantir crescimento para os seus negócios com a consultoria em telefonia empresarial? Então entre em contato conosco agora mesmo e confira os nossos serviços!

Como escolher uma consultoria de telefonia? Confira 4 dicas

As empresas que atuam em um mercado cada vez mais competitivo devem manter a gestão dos custos com um controle rigoroso, inclusive em relação aos processos de comunicação. Em períodos de crise, é fundamental que as organizações apliquem medidas que façam uso de tecnologias disponíveis para a otimização dos lucros — uma delas é contar com uma consultoria de telefonia, serviço cada vez mais utilizado no mundo corporativo.

Os serviços oferecidos por uma consultoria atuam como gerenciadores e orientadores das contas telefônicas das empresas, tendo como foco um melhor acompanhamento dos contratos e, principalmente, a redução de custos desnecessários.

As empresas que prestam serviços de consultoria têm profissionais qualificados e preparados para otimizar a utilização dos telefones no dia a dia da instituição. Ficou interessado? Então confira essas 4 dicas valiosas para que você escolha a melhor consultoria de telefonia. Boa leitura!

1. Pesquise sobre a idoneidade da empresa

É crucial que, antes de escolher uma empresa que preste esse serviço, uma longa e cuidadosa pesquisa seja realizada. Então, entre nos canais de contato e, claro, não deixe de acessar o site Reclameaqui.com. Lembre-se de que não há problemas em encontrar reclamações no site, mas procure saber se a empresa se preocupa em responder aos clientes.

Quantos anos a organização tem no mercado? Ela tem um site na Internet? Há atualização constante no site ou não? O suporte que a empresa oferece é apenas uma promessa ou ele existe na prática? Enfim, são perguntas como essas que devem ser respondidas.

Não se esqueça de pedir uma relação de clientes com contato para consulta e, claro, exija uma escalation list — lista de pessoas na empresa com as quais é possível fazer contato em situações em que o seu consultor não possa atender suas demandas.

2. Compare o escopo dos serviços de suporte

Não deixe de fazer essa comparação na hora de contratar o serviço. Preste atenção em todos os detalhes, já que é importante que todas as promessas feitas também estejam presentes no contrato. Essa é uma maneira de garantir qualidade no atendimento pós-venda.

Não deixe de ter todas as informações em mãos antes de entrar em contato com o suporte da operadora, pois isso vai agilizar o seu atendimento. É preciso ressaltar a relevância de contar com um suporte confiável e rápido, além de consultores visando a oferecer as melhores soluções para as suas necessidades.

3. Identifique consultores mais dispostos a ajudar 

É extremamente necessário saber se os consultores estão realmente dispostos a ajudar o cliente ou apenas realizando mais uma venda. Isso certamente vai fazer uma imensa diferença na qualidade do serviço prestado por eles. Afinal, vai mostrar ao contratante se o profissional buscou uma boa solução ou se fez por fazer.

Um consultor qualificado e que pretende ajudar o cliente vai identificar suas necessidades, o que ele está realmente procurando e o que espera da compra, mostrando, então, um mapa a fim de chegar até a solução que o cliente deseja.

Para isso, ele vai traçar um perfil do contratante, em questão de minutos, durante o atendimento.

4. Verifique os benefícios adicionais

Antes de assinar o contrato com a empresa, faça uma pergunta a você mesmo: quais são os benefícios que eu estou tendo ao fechar esse negócio? Conheça alguns que você precisa ter ao contratar um serviço de consultoria:

  • melhorias concretas;
  • economia;
  • empresa especialista no plano que você está adquirindo;
  • serviço de pós-venda ágil e que tenha uma ferramenta de gestão e de controle.

Enfim, opte por uma empresa que ofereça uma consultoria de telefonia de qualidade, ou seja, serviços que vão realmente agregar valor à sua contratação. Apesar de parecer apenas um investimento que pode pesar no caixa, as consultorias têm mostrado cada vez mais o seu valor ao oferecer um ótimo retorno para as empresas, garantindo a percepção das vantagens do uso dessa tecnologia e equilibrando as contas.

E aí, o que achou deste post? Gostou? Ficou alguma dúvida sobre como contratar o melhor serviço de consultoria para a sua empresa? Então deixe o seu comentário para que possamos saná-la!

Agilidade nos serviços de telefonia, é possível?

A execução de um negócio, independentemente de seu tamanho, passa uma grande quantidade de tempo se comunicando com clientes, funcionários e parceiros. E como a comunicação ocupa uma parte central das operações comerciais, é essencial ter suporte de uma empresa com agilidade nos serviços de telefonia.

Quando se trabalha com uma empresa especializada de telecomunicações, o agente poderá fornecer todos os esforços de comunicação que sua empresa precisa para manter seu negócio e suas necessidades de comunicação funcionando sem problemas.

Nesse tipo de negócio, as soluções personalizadas são cruciais, uma vez que cada empresa é diferente e as necessidades de tecnologia variam. Então, como um empresário pode garantir que ele tenha o melhor plano de telecomunicações? Trabalhando com uma empresa especializada de consultoria!

Neste artigo, mostraremos as principais razões para sua empresa usar os serviços de uma consultoria especializada eficiente. Boa leitura!

Pré-atendimento de qualidade

Uma consultoria avalia suas necessidades e discute as opções mais acessíveis, economizando tempo e dinheiro. Ela combina sua empresa com as melhores soluções — no cenário competitivo de hoje, você precisará de consultores de telecomunicações experientes que possam mantê-lo atualizado com as últimas soluções de comunicação.

Esses recursos ajudarão a reduzir custos, bem como farão seus funcionários aumentarem a produtividade e trabalharem remotamente com facilidade. Mais importante ainda, podem lhe conectar com as ferramentas certas para aumentar o atendimento ao cliente, permitindo que você se comunique de forma rápida e eficiente — enquanto acessa os dados aplicáveis.

Infraestrutura de atendimento diferenciada

Algumas das maiores empresas hoje usam empresas de consultoria de telecomunicações para construir seus impérios comerciais, se beneficiando com uma melhor infraestrutura de telecomunicações em relação aos seus concorrentes.

O crescimento do negócio vem com a necessidade de uma rede de telecomunicações melhorada. Uma consultoria pode ajudar sua empresa a criar uma estratégia que sugira quais recursos são necessários para que seus negócios atinjam seus objetivos.

A maioria dos empresários não é especialista quando se trata de telecomunicações e, além disso, todas as empresas precisam de operações seguras para fornecer conexões confiáveis ​​para seus clientes e proteger informações confidenciais.

Dedicação ao pós-venda com agilidade nos serviços de telefonia

Quando sua empresa está buscando mudanças substanciais, considere contratar uma consultoria de telecomunicações para fornecer assessoria e liderança especializada. Se a sua empresa está considerando uma mudança de fornecedor ou equipar um novo edifício, uma empresa com agilidade nos serviços de telefonia pode ajudar.

Uma vez que você contrata uma consultoria, promova uma auditoria e implemente as mudanças necessárias. A consultoria acompanhará e administrará suas despesas, dando todo o suporte que você precisar.

Reputação favorável com operadoras

Uma consultoria de telecomunicações tem acesso a várias operadoras, o que significa que podem ajudá-lo a encontrar o operador certo para atender às suas necessidades de telecomunicações a um preço melhor. A consultoria garantirá que você obtenha a operadora de melhor qualidade sem pagar mais do que precisa.

As despesas de telecomunicações tendem a ser bastante substanciais para algumas empresas e, na maioria dos casos, é altamente provável que elas sejam cobradas demais por serviços.

Um consultor atuará como uma ligação entre você e seu operador escolhido. Sua empresa pode reduzir custos, aumentar suas margens de lucro e também utilizar seus ganhos de forma eficiente.

Quer saber mais sobre como aumentar a agilidade nos serviços de telefonia da sua empresa? Entre em contato conosco!

Marketing de relacionamento no atendimento telefônico: entenda a proposta

As empresas estão sempre criando novas estratégias para atrair clientes e manter um relacionamento a fim de fidelizá-los. Afinal, é o marketing de relacionamento que vai gerar satisfação entre a marca e o consumidor. Nesse sentido, utilizar os canais de atendimento telefônico pode ser bastante vantajoso, visto que, dentre diversos canais de venda, eles ainda são os mais utilizados.

O relacionamento com o cliente está em todas as tendências do marketing, pois é fundamental para gerar valores para os produtos. É na abordagem que se inicia a venda, uma vez que, mesmo antes de saber se a empresa possui o produto desejado, o cliente já está avaliando as possibilidades de fechar negócio.

Manter um relacionamento por telefone demanda muita técnica e conhecimento. Por isso, neste post, falaremos mais sobre essa estratégia e daremos algumas orientações para que você aprimore o atendimento telefônico a favor da empresa. Confira!

Primeiramente, o que é marketing de relacionamento?

O marketing de relacionamento é, em poucas palavras, a construção de um relacionamento duradouro com os clientes. Trata-se de uma estratégia que engloba diversas técnicas de construção, fidelização, prospecção e criação de autoridade no mercado.

O objetivo maior desse tipo de marketing é conquistar os clientes e, em seguida, fidelizá-los, além de torná-los defensores e divulgadores da marca. Outro objetivo é transformar a empresa em referência no mercado, principalmente pelas excelentes experiências oferecidas aos usuários. Para conseguir tais objetivos, a organização cria um relacionamento em que oferece diversos benefícios para o seu público.

Ou seja, é preciso deixar claro que o marketing de relacionamento não visa apenas dar auxílio nas vendas, mas também criar fãs da marca. Ele não age apenas em curto prazo, pois o seu propósito é criar uma relação contínua e progressiva com os clientes.

E, claro, o atendimento é fundamental para garantir que esses objetivos sejam atingidos. Mas, obviamente, há uma condição para isso: ele precisa ser de qualidade, atendendo às necessidades dos clientes e deixando-os satisfeitos.

Como aprimorar o atendimento telefônico a favor da empresa?

Oferecendo uma experiência diferenciada

Proporcionar uma experiência fora do comum ao cliente garante que o negócio está no caminho de atender às necessidades dele. Para isso, é importante entender e levar os funcionários a assimilar o mercado em que a empresa está inserida, bem como conhecer o público-alvo que consome os produtos e serviços da marca, visto que esses estão cada vez mais exigentes e informados sobre o que compram.

Dessa forma, antes de fazer um telefonema, conheça o seu produto e o seu cliente. Tenha as informações relevantes e necessárias para prestar esclarecimentos satisfatórios e solucionar dúvidas, pois é imprescindível conhecer o que está sendo vendido. Também é importante lembrar que esse domínio inclui todas as esferas: qualidade, usabilidade, preço, formas de pagamento, entre outras.

Investindo na qualidade do serviço

Um atendimento de qualidade ajuda a melhorar a percepção sobre a marca e reduz os riscos de problemas de uma maneira geral. Por isso, essa deve ser uma das grandes prioridades da empresa. Esse é um tipo de investimento que pode mudar radicalmente o modo como a empresa se posiciona no mercado e também os resultados que ela conquista.

Então, procure sempre investir na qualidade dos canais de atendimento telefônico para mostrar o quanto a organização se importa com os seus consumidores. Oferecer um serviço telefônico deficiente, como muitas empresas brasileiras o fazem, prejudica a reputação do negócio, deixando muitos clientes irritados e dispostos a migrarem para a concorrência.

Treinando os operadores

Para manter um bom relacionamento com os clientes é preciso que os operadores estejam preparados e qualificados para fazer um atendimento adequado. É notável, em muitas empresas, a quantidade de reclamações a respeito desse serviço. Entre as principais, estão:

  • demora no atendimento;
  • grosseria;
  • não resolução de problemas;
  • quedas nas ligações;
  • excesso de transferências de setor.

Ainda que existam problemas relacionados ao dimensionamento da equipe e à infraestrutura, é inquestionável que a falta de treinamento dos operadores seja um dos fatores mais agravantes e que prejudicam a qualidade. Já com profissionais treinados, a abordagem será bem mais eficiente.

É fundamental que os operadores tenham algumas competências, tais como:

  • linguagem correta;
  • atitude centrada no cliente;
  • boa capacidade de comunicação;
  • pensamento crítico etc..

Outro ponto interessante sobre o treinamento é que ele não é relevante apenas para capacitar os profissionais, mas também pode ser usado no processo motivacional deles, o que é extremamente eficaz quando se fala de relacionamento com clientes por meio de atendimento telefônico.

Focando na resolução de problemas

Existem atendentes que, ao se depararem com um cliente ou um prospect, priorizam apenas o cumprimento de metas, fechamento da venda e, alguns, pensam apenas na comissão. Essa visão pode ser um desvio do principal objetivo da empresa: conquistar e fidelizar os clientes.

Os operadores devem levar em conta alguns pontos, como:

  • realizar um atendimento democrático, ou seja, falar e também ouvir atentamente o consumidor para conquistar a confiança dele;
  • perguntar o que o cliente deseja e quais são as dúvidas dele, pois isso demonstra humildade e ajuda a ganhar pontos com os consumidores;
  • absorver todas as ponderações para colher os elementos necessários e propor soluções melhores a fim de sanar os problemas do comprador;
  • entender o desejo do consumidor antes de oferecer um produto ou serviço, podendo, assim, trilhar o melhor caminho e deixar o cliente satisfeito.

Como manter o cliente satisfeito?

Para que um relacionamento duradouro aconteça entre a empresa e o cliente é preciso que haja transparência, confiança e proximidade. Infelizmente, muitas empresas têm priorizado a pré-venda e a venda, deixando de lado a construção de um bom relacionamento.

A entrega de um valor extra, tanto antes, durante e após a venda, é primordial para que uma boa parceria seja concretizada e fortalecida. Vale frisar que as organizações conseguirão conquistar seu público e mantê-lo satisfeito com o atendimento quando elas passarem a priorizar alguns princípios, como honestidade, confiabilidade e contato permanente.

É fato que as empresas conseguem ter melhores resultados quando a taxa de abandono de clientes é reduzida. Então, entregando satisfação aos consumidores, a concorrência vai encontrar uma grande dificuldade para ultrapassar barreiras apenas diminuindo preços.

Continue com o objetivo de atrair mais clientes, porém, jamais deixe de priorizar um bom relacionamento utilizando, principalmente, os canais de atendimento telefônico da empresa. E lembre-se de que, para manter os consumidores satisfeitos, é importante que toda a equipe esteja focada em entregar essa satisfação.

E aí, o que achou deste texto? Gostou? Quer saber mais sobre o assunto? Então continue com a visita e leia também o texto “Vendendo pelo telefone: como usar esse canal para aumentar as vendas?”.

Conheça os diferenciais dos planos da Vivo para empresas

Se você tem uma empresa — ou está pensando em abrir uma —, então já conhece a importância de contar com uma operadora de telefonia que ofereça o menor custo e a maior qualidade possível. Pensando nisso, no artigo de hoje detalharemos as principais características dos planos Vivo para empresas.

A Vivo Empresas dispõe das melhores soluções em telefonia corporativa do mercado. Além dos planos para celular e aparelhos móveis, ela oferece internet e telefonia fixas, serviços de cloud computing e outras soluções digitais. Continue lendo e conheça mais sobre as vantagens que os planos Vivo Empresas podem agregar ao seu negócio.

Vale apenas lembrar que, para escolher o plano corporativo ideal ao seu negócio, é importante contar com o auxílio de uma consultoria especializada. Boa leitura!

1. Internet fixa

Os planos Vivo para empresas de telefonia fixa têm adesão e instalação gratuitas e ainda permitem ligações ilimitadas para fixo de qualquer operadora do Brasil.

A oferta de voz ilimitada + internet fibra na portabilidade, com 50 Mbps, Wi-Fi Grátis com Smart Wi-Fi, Vivo Cloud Backup de até 1TB e sem taxa de instalação sai por R$ 124,88.

2. Telefonia móvel

Com valores competitivos, os planos Smart Vivo Empresas têm características diversas, adequadas às necessidades do cliente. Todos eles contam com ligações ilimitadas para qualquer operadora móvel e fixo do Brasil, SMS ilimitado e a possibilidade de compartilhamento dos pacotes de internet.

As variações ficam por conta da real utilização do cliente. O plano SmartVivo Empresas Ilimitado na portabilidade, com ligações ilimitadas para móvel e fixo de qualquer operadora nacional, 3GB de dados + 1GB adicional é vendido por R$69,99 por mês.

3. Telefonia fixa

Os planos Vivo para empresas de telefonia fixa têm adesão e instalação gratuitas e ainda permitem ligações locais ilimitadas para qualquer operadora. As chamadas DDD e DDI são tarifadas a parte.

Seu custo varia conforme o número de linhas desejado. O empresário que optar por apenas uma linha, por exemplo, terá o custo de R$ 49,99 ao mês. Aquele que precisa de 4 linhas pagará R$ 178,96 ao mês.

4. Cloud service TI

O Vivo Cloud Server XS, é o servidor virtual com tecnologia VMWARE. O serviço contém transferência ilimitada de dados, discos de alta performance e aplicações instaláveis em 1 clique por até R$39,99. Isso não é promoção, é preço!

5. Serviços avançados

O Vivo SIP é a nova tecnologia de Voz Avançada, que trafega por todas as redes da Vivo, com serviço DDR, conta detalhada por ramal e sem assinatura. O serviço com PABX está no valor de R$ 1.040,00 e, sem o PABX, o valor sai a partir de R$ 590.

O Vivo IP Internet é a Internet Dedicada que oferece alta performance e com o menor índice de perda de pacote, por R$ 1.249,00 por mês. O serviço é monitorado pela Vivo 24hs por dia, 7 dias por semana.

Ainda tem dúvidas sobre os planos Vivo para empresas? Certamente existe uma opção ideal para o seu negócio! Converse com a Ecotelecom, agente autorizado Vivo Empresas: ela está pronta para oferecer a você a melhor consultoria em telecomunicações!

*valores consultados em 29/01/2018.